Fechar
mais empatia!

BBB22: Irmã de Eliezer faz desabafo em defesa do brother

Isabela Seara publicou um vídeo em seu Instagram e pediu empatia para as pessoas

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Isabela Seara, irmã de Eliezer, publicou um vídeo em seu Instagram, nesta sexta-feira (22), onde fez um desabafo e saiu em defesa do brother. A administradora disse que sempre vê pessoas atacando o designer e que ficou muito tempo calada. Ela ainda cobrou empatia.

“Todo dia pego o celular e me deparo com pessoas atacando o meu irmão em rede social. E pior, muitas das vezes pessoas famosas e formadores de opiniões. Já falaram que ele é um escroto, que ele não é ninguém, que é irrelevante e até que é desumano manter ele no programa. Desumano? Sério? Estou me segurando ao máximo, mas dessa vez não aguentei, e precisei vir aqui desabafar com vocês”, começou escrevendo na legenda.

Isabela continuou: “Preciso expor a dor que estou sentindo! E se fosse o irmão ou alguém da família de vocês? Sim! Ele não tem um título mundial, não é um ator famoso, não tem Grammy. Mas ele é honesto, trabalhador, batalhador… Começou a trabalhar desde os 14 anos para ajudar em casa. Nunca faltou com respeito a ninguém”.

A irmã de Eliezer pediu empatia. “Teve uma trajetória muito bonita na vida e dentro da casa até hoje… E eu tenho muito orgulho de ser irmã dele. Independente de qualquer resultado, ele vai ser sempre meu campeão! Por favor, tenham mais empatia”, finalizou.

Continua após a publicidade

Nas redes sociais, o desabafo de Isabela repercutiu entre os internautas. “O Eli é gente boa sim e não merece esse hate mesmo. Mas teve gente que merecia estar na final no lugar dele”, escreveu uma pessoa. “Certíssima. As pessoas querem empatia só com elas. Na hora dos outros, querem que se lasque”, falou outra.

Eliezer admite ter prejudicado Douglas Silva na ‘Prova do Líder’

Nesta sexta-feira (22), Eliezer confessou que poderia ter salvado Douglas Silva da eliminação da última prova do ‘BBB 22’ e ficou arrependido. O ator cometeu um erro na dinâmica de resistência e acabou desclassificado depois de 10 horas de disputa.

O designer contou para Paulo André e Arthur Aguiar que viu quando DG deixou a luva de boxe cair do porta-malas do carro da marca patrocinadora do programa e não alertou o participante sobre o erro. “Será que ele ficou chateado comigo?”, questionou o designer, que ficou também preocupado com a reação do público. ‘Meu Deus!” Fiz algo errado”, lamentou.

Não demorou para que os internautas detonassem a atitude de Eliezer. “Se fosse o contrário, você estaria como?”, questionou um seguidor. “O Brasil está chateado por você ainda está aí no programa”, sentenciou o segundo e o terceiro completou: “Rolam comentários de que Eli passou correndo esbarrou no carro, que balançou e, por isso, a luva caiu do porta-malas. Peso na consciência de Eli”.