Fechar
ataque virtual

BBB22: Linn é vítima de assédio criminoso devido ao câncer

Haters resgataram fotos da sister careca para fazer chacota com o visual dela

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A participante Linn da Quebrada, do BBB22, teve algumas de suas imagens usadas de forma criminosa nas redes sociais. Alguns haters resgataram fotos da sister careca para fazer chacota com o visual dela, que ficou desta forma por conta da luta contra um câncer. No Twitter, os adms de Lina reagiram aos ataques.

“Ridículo ter de ver e ler algo desse tipo que os nossos fãs estão denunciando e nos enviando. Lina teve câncer. Enfrentou o câncer com coragem e muita força. Não se brinca com algo tão sério. É preciso entender os limites do ‘não gostar’. Isso é ódio e é criminoso. Que triste”, lamentou a equipe.

E a indignação não parou por aí: “A Lina não está careca simplesmente porque quis, ainda que ela tenha esse direito. A Lina está careca porque teve um câncer. Não precisamos dizer mais nada depois disso”.

Os adms pediram aos fãs da cantora que denunciem os perfis que estão utilizando as imagens de Lina careca para fazer chacota. “Por favor, denunciem a conta. Não vamos colocar o link aqui. Muito obrigada por tudo, Linndonas e demais pessoas”.

Continua após a publicidade

E ainda rebateram a afirmação de um internauta de que eles estariam querendo ‘chamar atenção’ ao se manifestar sobre o assunto. “Você acha mesmo que queremos biscoito em cima de uma doença séria e grave como um câncer? Meu Deus, em que mundo você vive? É muito desrespeitoso conosco e com a Lina acreditar que gostaríamos de crescer em cima disso. Isso não vale o jogo, não vale dinheiro algum. Que loucura!”.

Linn da Quebrada ficou careca por conta da quimioterapia para tratar um câncer no testículo. O tratamento foi feito entre 2014 e 2017, quando a artista finalmente se curou da doença.

No BBB22, Lina contou que sofreu transfobia durante seu tratamento contra o câncer. “Comecei a escrever, teve o câncer no meio disso, daí fiquei sem pelo e sem cabelo nenhum. Daí ia pro hospital, passava pela violência da instituição hospitalar, que daí não tinha tipo… mas essas questões não importam. E lá, mais uma vez, eu voltava a ser o Lino. Isso me machucava muito! Porque daí eu já tinha passado por todo um processo, fiquei doente e daí mais uma vez era como se eu tivesse que voltar por um lugar e morrer também um pouco”, disse a cantora.