Fechar
revelações

BBB22: Linn revela caso com homem hétero e é censurada por Jessi

Professora de biologia pediu que sister parasse de falar no assunto para não complicar ainda mais o jogo delas

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Na madrugada desta quarta-feira (30), após a eliminação de Lucas Bissoli, Linn da Quebrada e Jessilane estavam deitadas no Quarto do Líder conversando, quando a cantora resolveu abrir para a amiga sobre um episódio que aconteceu em sua vida.

Lina contou que, sem saber, viveu um caso com um homem hétero, e só descobriu após ter dormido com ele. A líder falou de sua relação com um cozinheiro que dormiu em sua casa e depois ficou mandando várias mensagens para ela.

A cantora explicou que, na manhã seguinte, quando acordaram, o homem disse que tinha um compromisso com seus filhos. “Se eu contar pra você o que esses homens gostam, eles são sem vergonha”.

Jessi então cortou a rapper e falou que elas já estão com problemas demais e era melhor não ficar comentando sobre este assunto. Depois disso, o papo logo foi encerrado sobre o tema nos aposentos da líder da semana.

Continua após a publicidade

Líder foi alfinetada por Tadeu Schmidt

No discurso de eliminação de Lucas Bissoli, o apresentador Tadeu Schmidt falou sobre os laços entre os participantes e aproveitou para alfinetar Linn da Quebrada, ao relembrar que dois dos emparedados, Pedro Scooby e Paulo André, em comum acordo com Douglas Silva, desistiram juntos da Prova do Líder de resistência para evitar que o sofrimento de Lina na disputa continuasse.

“Quando terminar, seremos 10 e com coração partido. Vocês conseguem imaginar a Eslô sem Lucas? O Scooby sem P.A? O P.A sem Scooby? São laços fortíssimos e um deles vai se partir”, começou Tadeu.

E continuou: “Quem marcou mais as disputas? P.A e a exuberância do atleta olímpico? Scooby, mesmo fora da praia dele, mostrando uma inteligência e vontade? Ou o Lucas? P.A e Scooby, competidores que são, estavam confortáveis de fazer um gesto surpreendente”.

“Fizeram algo nobre para a maior rival deles. Fizeram certo? Em uma prova de resistência, cada um tem seu motivo para desistir. Cansaço, dor… Mas, fizeram o que para o jogo deles? O que teria sido diferente se eles tivessem ido até o final”, disse.