Fechar
público quer mais!

BBB22: O desespero de Boninho com manobras em vão para evitar o fracasso

Diretor já não sabe mais como fazer elenco reagir e promover entretenimento ao público de casa

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Esta coluna não pôde deixar de notar que o desespero já começa a bater à porta do Boninho, diretor do BBB22. Acontece que ele adotou algumas manobras recentemente, na tentativa de evitar o ‘flop’ (fracasso) da edição, que já perdeu dois dos principais protagonistas, Jade Picon e Rodrigo Mussi.

Na tentativa de fazer o elenco se movimentar e servir mais entretenimento ao público, Boninho já apelou para a casa de vidro no jardim da casa, inserindo dois novos participantes com informações de fora do confinamento, já tentou a trolagem com o Dummy, mas os brothers reconheceram de cara que não era a eliminada da semana, Jade Picon, e logo sacaram o trote.

Mas nenhuma das duas ideias surtiram o efeito esperado. Larissa Tomásia, sister que entrou pela casa de vidro, chegou plantando fake news para os colegas de confinamento, enquanto Gustavo Marsengo, também da casa de vidro, se perdeu ao formar casal com Laís Caldas e começar uma narrativa de ‘bofe rejeitado’ pela moça.

Já em relação ao trote do Dummy, nem o público e muito menos o Boninho, que até então estava em Paris com sua mulher, Ana Furtado, imaginava que os brothers fossem sacar que tudo não passava de uma brincadeira quando, na verdade, o objetivo era que eles acreditassem na possibilidade de ser Jade Picon retornando ao jogo após sua eliminação, assim como fez Carla Diaz na edição passada, depois do Paredão falso.

Continua após a publicidade

Nem mesmo a expulsão de Maria e a desistência de Tiago Abravanel foram capazes de fazer o jogo render mais. E Boninho já começa a dar sinais de seu descontentamento com a edição, que se comparada às duas últimas, está um verdadeiro horror no quesito entretenimento de qualidade. Ele anda dando spoilers do que vai rolar no jogo nas redes sociais, com objetivo de criar burburinhos e fazer o reality ser mais comentado, como nos anos anteriores, afinal, no que depender do elenco, nada muito interessante há de se repercutir em alguns dias. Brigas e tretas são praticamente figurantes no jogo.

Essa coisa do Boninho de: “vamos nos reunir para decidir os próximos passos desta semana” mostra claramente uma gestão de crise sendo discutida com o diretor Rodrigo Dourado, na tentativa de, mais uma vez, movimentar o jogo.

O fato é que, Boninho selecionou o elenco errado e agora está tendo que trabalhar duro para trazer entretenimento aos telespectadores. Nas outras edições com o formato Pipoca e Camarote, o Big Boss respirava aliviado com tudo fluindo naturalmente, graças ao protagonismo dos próprios participantes.

Mas o Big Boss ainda tem algumas cartas na manga, como o tão falado quarto preto, que até o momento não estreou na atração. Com a eliminação de Jade Picon e o fim da principal rixa do jogo (com Arthur Aguiar), de repente tão logo veremos o novo cômodo da casa, que promete dar muito o que falar.

Tags Relacionadas: