Fechar
climão

BBB22: Pedro Scooby faz pergunta sobre torcida e deixa Lina em saia justa

O surfista é um dos emparedados e pode ser o eliminado desta terça-feira (29)

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Viciado em viver e em deixar as pessoas em saia justa, Pedro Scooby resolveu fazer mais uma vítima: Linn da Quebrada. Após a cantora se aproximar dele e de Gustavo, que relaxavam na banheira de hidromassagem, o surfista perguntou sobre a torcida dela e disparou: “Está torcendo por mim, Lina?”.

Visivelmente sem graça, a sister hesita, mas responde que sim. Scooby insiste: “Mesmo?”, pergunta ele. Se vendo em uma grande saia justa, Linna comenta: “As vezes… Não posso ficar falando, senão, me compromete também”.

O surfista segue insistindo: “Está ou não está?”. Linn da Quebrada mantém a resposta e tenta desviar o assunto. “As vezes”, disse ela.

Pedro Scooby disputa a preferência do público no décimo paredão do BBB 22, ao lado de Paulo André e Lucas Bissoli. Tudo começou com a líder Linn da Quebrada que indicou, sem chance de realizar a prova Bate-Volta, o atleta Paulo André.

Continua após a publicidade

Vale lembrar que ele, junto com Pedro Scooby e Douglas Silva, entregaram a liderança para a cantora, após desistirem da prova de resistência.

Lucas e Pedro Scooby foram os dois mais votados pela casa. E como adiantado por Tadeu Schmidt na última quinta-feira, Lucas teve direito ao contragolpe, já que recebeu o maior número de votos: seis. O estudante de medicina puxou Eliezer para a berlinda, mas o designer acabou se salvando na prova Bate-Volta.

Durante a tarde desta terça-feira (29), em conversa com outros brothers na varanda da casa, Scooby contou que, na entrevista do emparedado, foi questionado sobre o que sentiria saudade no reality.

O surfista disse para os outros participantes que não sentirá saudades de nada no BBB 22, e sim, do que ainda não viveu. “Saudade é algo que eu quero de volta. O que vou sentir daqui é boas lembranças. Saudade é quando se quer viver outra vez. Não quero viver outra vez. Viveu, foi. Saudade tenho dos meus filhos, da minha mulher…”, falou.

O surfista continuou: “Aí me falam que eu vou sentir saudade do P.A, do DG, mano, eles não vão morrer… A gente vai se ver lá fora”, concluiu.