Fechar

EXCLUSIVO BBBB22: Amigo de Eliezer faz análise sobre novos passos do brother no jogo

Após a eliminação de seu maior aliado, o designer tenta sobreviver na casa mais vigiada do Brasil

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A coisa não anda nada boa para os brothers do quarto Lollipop. Após as já saídas de Luciano, Rodrigo Mussi, Bárbara Heck, Maria (expulsa), Brunna, Larissa e Jade Picon, Vyni também se despediu nesta semana. Se até então os brothers tinham esperanças de que poderiam virar o jogo, com a saída de Vyni, que todos acham ser muito forte no game, eles passaram a ter certeza de que podem ser eliminados a qualquer momento.

Agora, com apenas três integrantes, Laís, Eliezer e Eslovênia se vêm acuados, tendo que fugir do paredão a qualquer custo. Acontece que o jogo tem ficado muito difícil, com a perda constante dos aliados. Eliezer chegou a dizer que apenas um milagre livraria o trio da berlinda na próxima semana.

Em entrevista para esta coluna, Pedro Oliveira, amigo de Eli, disse que acredita que o brother vai se dedicar 100% para as provas daqui pra frente, principalmente a do líder. “Acredito que ele vá se dedicar muito à prova do líder. O Lollipop está sedento por uma liderança, eles têm falado muito sobre isso”. 

Sobre a eliminação de Vyni, maior aliado do designer, Pedro destacou que vai ser muito difícil para o brother daqui pra frente, mesmo que ele tente se fazer de forte. “O Eli, sem dúvidas, além de um grande amigo, perdeu um importante aliado no jogo. Mas acredito que muito mais por conta da conexão dos dois, este primeiro momento vai ser muito difícil pra ele por mais que ele queira se fazer de forte”, disse.

Continua após a publicidade

Para Pedro, com as atuais circunstâncias do jogo, pode acabar havendo um reposicionamento por parte de Eli, já que tanto Laís quanto Eslô têm outras prioridades na casa. Porém, ele acredita que o amigo não abandonará o Lollipop. “O Eliezer é muito fiel aos amigos, não acredito que ele “abandone” o Lollipop. Mas hoje, no quarto restaram ele, Laís e Eslô, as duas têm outras prioridades dentro do jogo por conta dos casais que formaram. Então pode ser que haja algum reposicionamento dentro do jogo”, opinou.

Muitas vezes com visões de jogo distorcidas, falta de posicionamentos e articulações erradas, os ‘moradores’ do quarto Lollipop acabaram ganhando a antipatia do público. “Acredito que faltou um pouco de identificação do público, na verdade. A Jade realmente era forte logo que entrou, mas decretou uma “guerra” com Arthur que está sendo muito bem visto aqui fora. O Vyni é maravilhoso, tem um coração gigante, mas acabou não jogando tanto”, opinou Pedro.

Sobre um possível relacionamento mais assumido de Eli com Natália, o amigo do designer acredita que ambos estão satisfeitos com a relação da maneira que está. “Eles já conversaram algumas vezes sobre não formarem casal lá dentro, acredito que estão se curtindo e hoje ambos estão satisfeitos com essa relação que criaram”, disse ele.

Vale lembrar que no início do jogo, Natália era alvo de Eliezer na votação. Porém, recentemente, na formação do sétimo paredão, a moça fez uma jogada que livrou o ficante da berlinda, votando em Gustavo mesmo após ter prometido que não faria. 

Tags Relacionadas: