Fechar
Que feio!

Campeão brasileiro briga em aeroporto mineiro

Zagueiro Réver se envolve em uma briga com torcedor do rival Cruzeiro em aeroporto e caso vai parar na polícia

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Cadê o clima natalino, minha gente! O zagueiro do Atletico Mineiro Réver se envolveu em uma confusão em pleno Aeroporto Internacional de Belo Horizonte na noite desta quinta-feira (16). Confusão mesmo com direito a troca de socos e pontapés e até a intervenção da polícia. Campeão brasileiro de 2021, Réver nem embarcou para Porto Alegre com a família por conta do barraco e ainda desfilou sem camisa pelo saguão do aeroporto.

Tudo começou por conta da zoação de um adolescente, filho de um motorista identificado como Deibeissom Rodrigues. O menino pediu para tirar uma foto com o jogadoe e, no momento do registro, teria feito o número seis com os dedos, gesto em referência à goleada de 6 a 1 aplicada pelo Cruzeiro no Atlético no Brasileiro de 2011. Esse placar elástico não desce para os jogadores do Galo.

O garoto é torcedor do Cruzeirense, rival da equipe do Atlético Mineiro e Réver percebeu que era alvo de uma gozação. Ele se irritou com o rapaz, xingando-o e aí veio a interferência de Rodrigues, que não gostou da reação de Réver com o filho e quis tomar satisfação com o jogador do Atlético-MG.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o motorista alegou que Réver empurrou sua esposa, que teria caído no chão, e chamou seu filho de ‘moleque’ e ‘vagabundo’. O jogador também teria enfiado o dedo na cara do adolescente e os dois acabaram se atracando e só foram separados após a chegada de funcionários da companhia aérea. Réver acabou sendo escoltado pela polícia do aeroporto até a garagem depois de perder o voo.

Continua após a publicidade

Nesta sexta-feira (17), diante a repercussão do episódio, Deibessom prometeu entrar com ação civil e criminal contra o atleta e o clube. Já a Assessoria de Imprensa do jogador negou que Réver tenha agredido a esposa e o filho do motorista. Também informou que o jogador passou por exames de corpo de delito por conta da briga com Deibisson, em Belo Horizonte, e que também vai levar o caso à Justiça.

Post de Réver/Reprodução
Réver é escoltado por policiais
Réver sem camisa pelo aeroporto/Reprodução