Fechar
novos atores

Carlinhos Maia sai em defesa de Jade Picon após críticas de escalação em novela

A influenciadora e ex-BBB foi escolhida para atuar em ‘Travessia’, próxima trama da 21h da ‘TV Globo’

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A escalação da influenciadora digital Jade Picon para a próxima novela das 21h, ‘Travessia’, segue dando o que falar. Nesta quarta-feira (11), Carlinhos Maia saiu em defesa da ex-BBB e publicou um tuíte sobre a situação. “Jade, fique tranquila, você não está só. Acabei de ser escalado pra ser teu primo pobre na novela”, escreveu.

A postagem de Carlinhos Maia dividiu opiniões nas redes sociais. Alguns internautas elogiaram o influenciador pela leveza que trouxe ao debate, já outros explicaram que se trata apenas da questão de Jade Picon não ser atriz para atuar em uma novela. “Kkkkkk isso mesmo. Traz leveza para a situação! O hate e a perseguição com a Jade tá foda! Deixa a menina viver… Qualquer um pegaria essa chance sem pensar”, escreveu uma moça.

O bom é saber que ela vai receber muito amor de quem gosta dela, sempre que essas situações chatas de julgamento acontecerem na internet. Ela é uma menina de 20 anos, forte e madura demais. Ela sabe lidar com tudo isso. Mas machuca ver esse julgamento desproporcional só por ser ela”, falou uma outra.

Gente! Não tem ninguém odiando ela. Vocês nunca ouviram falar em DRT? Órgão regulamentador? É sobre isso… Ela não pode ocupar um cargo que precisa de formação e anos de estudo. Ela simplesmente não merece! Se forma e depois faz! Aí sim… Tudo pra vocês é hate. Cresçam”, disse ainda uma terceira.

Continua após a publicidade

Embora a participação de Jade em ‘Travessia’ já seja dada como certa, a estreia da influencer como atriz pode ser barrada. Depois que começou a circular a informação sobre a escalação, a ex-BBB acabou entrando na mira do Sindicato dos Artistas do Rio de Janeiro (SATEDRJ).

Ocorre que, como ela não tem registro profissional para atuar, o SATED vai tentar barrar a participação dela na trama, caso a Globo não siga os trâmites necessários para que a presença dela no elenco do folhetim. “Não acho justo ela tomar um espaço em qualquer emissora de televisão e a gente vai tomar as medidas cabíveis para que isso não aconteça. E a categoria vai nos apoiar”, disse o presidente do SATED, Hugo Gross para esta coluna.