atualizações

‘Com fé que será a última internação da vida dele’, diz mãe de Sérgio Hondjakoff

O ator está em tratamento em uma clínica de Sorocaba, em São Paulo, desde o dia 11 de junho

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Carmen Lúcia Hondjakoff, mãe do ator Sérgio Hondjakoff, falou sobre o tratamento do filho, que está internado em uma clínica de Sorocaba, em São Paulo, desde o dia 11 de junho. Em entrevista para a ‘Quem’, ela contou que o rapaz está aceitando tudo muito bem e tem esperanças de que essa seja a última internação do eterno ‘Cabeção’ de ‘Malhação’.

“Ele está aceitando o tratamento, graças a Deus. E vamos que vamos, com fé que essa vai ser a última internação da vida dele”, disse Carmen Hondjakoff, que explicou que ainda não sabe quanto tempo tudo vai durar. “É muito cedo para fazer previsões. Só para desintoxicar leva uns três meses”, destacou.

A mãe de Sérgio Hondjakoff, que mora há 13 anos em Resende, no interior do Rio de Janeiro, contou ainda que não tem falado com o ator com frequência. “Nem quando ele morava em Copacabana, eu falava com ele diariamente, só pelo WhatsApp. Tenho oito cachorros que resgatei e adotei das ruas, daqui de Resende. Alguns achei doentes. Cuidar de oito cachorros dá muito trabalho, não me sobra tempo. Mas filhos dão bem mais trabalho e são para a vida inteira”, disse ela bem-humorada, segundo a ‘Quem’.

Carmem Lúcia completou: “A assistente social me informou que, quando eu quiser falar com ele, não tem problema algum. Quem fala com ele sempre é a Dani, a esposa dele”.

Entenda o caso de Sérgio Hondjakoff

O nome de Sérgio Hondjakoff ganhou destaque nos noticiários no começo desse mês, após um vídeo que circulou nas redes sociais. As imagens mostravam o ator bem alterado e, em certa ocasião, ele chegou a ameaçar matar o próprio pai com um bastão, depois de não receber uma quantia em dinheiro que queria.

“Fala, galera, beleza? Eu tô aqui pancadão e tá todo mundo aqui querendo me foder. Estou pedindo mil reais para o meu pai pra ir pra São Paulo e ele não quer me dar. Eles querem que eu seja internado contra a minha vontade porque eu dei uns ‘tequinhos’ e eu fico muito louco”, disse o artista no vídeo, gravado por ele mesmo em uma live no Instagram.

Na sequência, Sérgio Hondjakoff mostra o bastão em mãos. “Pai, se você não me der mil reais, eu vou ser obrigado a te matar, né? Você prefere me dar mil reais ou que eu te mate? Você é obrigado a me dar mil reais”, declarou ele, enquanto Francisco se esconde da câmera.

O momento vivido pelo ator agitou as redes sociais. Diversos internautas comentaram e lamentaram a situação. “Um rapaz tão talentoso, uma pena que tenha perdido para as drogas desse jeito. Muito triste”, disse uma internauta. “Muito triste o que o vício faz com a pessoa. Mais triste ainda é ver o pai tentando ajudar e ainda tendo que lidar com isso”, comentou outra. “Gente, dependência química é uma doença! Não é ele falando e sim a falta de droga. Não podemos perder nossa humanidade. Ele precisa de ajuda profissional”, escreveu um rapaz.

Após toda a repercussão do caso, o ex-Polegar Rafael Ilha decidiu ajudar o Sérgio Hondjakoff e foi um dos responsáveis pela internação do ator na clínica. “Depois que vi o vídeo que viralizou, no mesmo momento me comovi, não só pelo que ele estava passando, que eu já vivi, mas também pela família, a dona Carmem e seu Francisco estarem vivendo aquela situação terrível. Entrei em contato com alguns conhecidos para achar um bom tratamento, numa boa clínica e pelo tempo que fosse necessário para ele concluir o tratamento, não uma coisa já estipulada”, disse Rafael Ilha para o site ‘Na Telinha’.

O ex-Polegar também revelou que o caso de dependência de Sérgio Hondjakoff é bastante complicado. “Ele usa cocaína, crack, usa remédio para dormir, para acordar, ele bebe bastante, é um caso bem delicado e que precisa de uma boa equipe para acompanhar e de um bom tempo também. Foi uma das coisas que me fizeram indicar o Instituto para a família, foi que eu exigi da clínica que não tivesse um tempo pré-determinado”, contou.