LUTO

Compositor de grandes nomes do samba é morto a tiros no Rio

Fernando Magarça escreveu cancões para Zeca Pagodinho, Alcione, Xande de Pilares e Dudu Nobre

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

O compositor Fernando Alberto da Silva, de 53 anos, conhecido como Fernando Magarça, foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira (3). O crime ocorreu na Avenida Dom João VI, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio na Avenida Dom João Bosco, em Guaratiba, perto da estação do BRT Magarça, na Zona Oeste do Rio.

O músico escreveu músicas para grandes nomes do samba nacional, como Zeca Pagodinho, Alcione, Xande de Pilares, Dudu Nobre, entre outros. Desde 2017, Fernando Magarça era o presidente da Sociedade Brasileira de Autores, Compositores e Escritores de Música (SBACEM).

Ele foi encontrado por policiais já sem vida, atrás do seu carro. Populares informaram à Polícia que presenciaram uma discussão e em seguida ouviram os disparos. Fernando possuia anotação criminal por porte ilegal de arma de fogo. 

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que policiais militares do 27º BPM (Santa Cruz) foram acionados para atender a ocorrência, que ainda está em prosseguimento. “Na chegada ao local, a equipe encontrou um homem, já em óbito, próximo a um veículo de passeio. O Corpo de Bombeiros foi solicitado e a ocorrência permanece em andamento”, disse a corporação em nota.