Fechar
despedida no Brasil

Corpo do influenciador Jesse Koz retornará ao Brasil, mas sem seu cachorro Shurastey

A dupla sofreu um acidente de carro nos Estados Unidos, no último dia 23

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

As autoridades norte-americanas autorizaram o embarque, e o corpo do influenciador Jesse Koz finalmente virá para o Brasil. A previsão é que chegue ao país, pelo Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, no próximo domingo (5). Em Balneário Camboriú, cidade de origem de Koz, a chegada está prevista para a madrugada de segunda-feira (6).

Mas o companheiro de aventura de Jesse Koz, o golden retriever Shurastey, não virá com o corpo do influenciador. Por conta de normas sanitárias, o animal foi cremado no Estados Unidos e as cinzas serão enviadas ao Brasil por uma empresa especializada.

O velório de Jesse Koz acontecerá na própria segunda-feira (6). Na parte da manhã, a despedida será reservada apenas para a família e amigos do viajante. Já á tarde, ela será aberta ao público. Segundo a família, no dia que as cinzas de Shurastey chegarem, ele também terá uma cerimônia de despedida.

Para custear o translado, um casal de amigos, que estava com Jesse Koz e Shurastey no momento do acidente, movimentou uma vaquinha online que arrecadou R$ 120 mil em menos de 12 horas. A informação foi anunciada pela tia do influenciador, Susana Kozechen, nas redes sociais. No perfil da loja virtual do rapaz, ela disse que a campanha havia sido desativada, pois a meta tinha sido atingida. “Muito obrigado a todos vocês que, com muito amor pelo Jesse e pelo Shurastey, ajudaram a trazer eles para casa! Faremos o possível para trazê-los juntos, como sempre foi e como sempre vai ser! A meta foi atingida! Muito obrigada”, falou.

Continua após a publicidade

A campanha de arrecadação contou com o apoio de amigos, artistas e fãs de Jesse e Shurastey. Uma das pessoas que divulgaram a ação foi o apresentador Rafinha Bastos. Inclusive, uma das últimas publicações de Koz no Instagram foi uma lembrança de uma participação no podcast do humorista, ‘Mais Que 8 Minutos’. “Obrigado, Jesse e Shurastey. Quem ama a vida nunca vai esquecer da história de vocês. Beijo gigante pra família e para todos os fãs desses dois caras incríveis”, escreveu Rafinha.

O influenciador Jesse Koz, de 29 anos, e seu cachorro Shurastey, da raça Golden Retriever, morreram no dia 23 de maio, após um grave acidente de carro. Os dois eram conhecidos por viajarem o mundo, em um fusca 1978, com placa de Balneário Camboriú. Eles percorriam as Américas no veículo e tinham o objetivo de chegar ao Alasca em setembro deste ano. Porém, a viagem acabou interrompida.

De acordo com o casal de amigos do influenciador, Diego Strutz e Roana Petri Celeste, Koz perdeu o controle do fusca e acabou batendo em um outro carro, que vinha na direção contrária. Eles estavam em uma van, logo atrás do carro de Jesse e Shurastey, e viram o momento em que tudo aconteceu. “Íamos entrar no Canadá juntos. Saímos segunda de manhã, minutos depois o acidente aconteceu”, relembrou Roana em uma entrevista para o ‘Portal G1’. “Jesse não conseguiu frear, perdeu o controle do fusca e bateu de frente com o carro que vinha no outro lado. Vimos tudo”, completou.

Nas redes sociais, Diego e Roana também falaram sobre o acidente. “Sofremos um acidente muito feio na estrada. Fizemos tudo que estava ao nosso alcance para salvar o Jesse e o Shurastey, mas infelizmente eles faleceram no local”, escreveu o casal nos stories do Instagram.

A viagem de Jesse Koz e seu cachorro fazia parte de um projeto chamado ‘Shurastey or Shuraigow?’. O nome é uma adaptação da música ‘Should I Stay or Should I Go’ (Devo Ficar ou Devo Ir), da banda The Clash. Mais de 500 mil pessoas acompanhavam as aventuras do influenciador, do Golden Shurastey e do fusca Dodongo. Após a notícia das mortes, o perfil atingiu a marca de um milhão de seguidores.