Fechar
polêmica

Bolsonaro mente ao atacar Ivete Sangalo: ‘acabou aquela teta gorda’

Presidente disse que cantora estaria ‘chateada por não ter mais a teta gorda da Lei Rouanet, mas ela não tem nenhum projeto aprovado para captar recursos

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

O presidente Jair Bolsonaro já saiu do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após ser internado por nova obstrução intestinal, causando nova polêmica. Em entrevista aos jornalistas que o aguardavam na porta da unidade de saúde, ele alfinetou Ivete Sangalo e o ator José de Abreu, que recentemente vibrou com a nova internação dele.

“Ela [Ivete Sangalo] está chateada, o Zé de Abreu está chateado, porque acabou aquela teta gorda deles, de pegar até R$ 10 milhões da Lei Rouanet e defender o presidente de plantão. Não quero que me defendam, quero que falem a verdade a meu respeito. Fizemos muita coisa”, disse o governante.

A declaração de Bolsonaro veio em resposta ao vídeo de um show da cantora em Natal, no Rio Grande do Norte, em que ela aparece dançando em meio ao coro de “Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*”. Nas imagens, Ivete, que sempre foi muito criticada por não se posicionar politicamente, aparece incentivando o público a gritar mais alto contra o presidente.

Na ocasião em que o vídeo viralizou, Mario Frias, secretário especial da Cultura, se doeu pelo Bolsonaro e soltou o verbo contra Ivete.  “A rainha Ivete passou todos os anos de roubo generalizado petista, como meio de impor uma ideologia abominável, no mais absoluto silêncio. Presta-se ao ridículo papel de ser animadora de militante esquerdista, pois é escrava dos caprichos da elite artística arrogante”.

Continua após a publicidade

Ivete não tem projetos com Lei Rouanet

Jair Bolsonaro se equivocou ao dizer que Ivete ‘não tem mais a teta gorda da Lei Rouanet’, isto porque dados públicos mostram que a cantora não tem nenhum projeto aprovado para angariar recursos de incentivo ao setor cultural.

Procurada, a assessoria de Ivete, como costuma sempre fazer, disse que não irá se manifestar sobre o assunto.