Fechar

EXCLUSIVO Demerson D’alvaro, o Exu da Grande Rio, já negocia com a Globoplay

Ator vai fazer sua estreia em série que leva assinatura do mesmo diretor de ‘Impuros’

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Demerson D’alvaro, que recentemente ganhou muito destaque na mídia e nas redes sociais, após interpretar o orixá Exu da comissão de frente da Grande Rio, escola campeã do Carnaval carioca 2022, já começa a alçar novos voos em sua carreira como ator.

Esta humilde coluna descobriu que o rapaz já está em negociação com a Globoplay para participação em uma série que tem a direção assinada pelo mesmo diretor de ‘Impuros’, exibida plataforma Star+ da Disney.

Recentemente, Demerson, inclusive, esteve no set de filmagens da série ‘Impuros’, ao lado do protagonista da trama, Raphael Logam, que interpreta o bandido Evandro do Dendê, personagem que lhe rendeu duas indicações ao Emmy. A produção está a todo vapor com as filmagens para estrear a quarta temporada.

‘Impuros’ é totalmente produzida no Brasil, é baseada em casos reais e retrata o tráfico de drogas no Rio de Janeiro. Estrelada por Raphael Logam, indicado duas vezes ao Emmy na categoria de Melhor Ator, ‘Impuros’ apresenta o Rio de Janeiro dos anos 1990, um território conflagrado por problemas sociais, onde a oportunidade do crime é muito tentadora.

Continua após a publicidade

Evandro (Raphael Logam) entra no mundo do crime, fazendo de sua facção criminosa um império. Seus negócios chamam a atenção do policial federal Morello e, assim, a história começa.

Demerson faz história no Carnaval

Assim como a cantora Anitta, Demerson D’alvaro é cria de Honório Gurgel, no subúrbio do Rio de Janeiro. O ator entrou para a história do Carnaval ao encarnar o orixá Exu no enredo ‘Fala, Majeté! Sete chaves de Exu’.

O enredo proporcionou o primeiro título do Carnaval carioca para a escola Grande Rio e tinha a proposta de desmistificar a divindade africana, que de forma equivocada costuma ser associada ao diabo no imaginário cristão.

Para encarnar Exu na Avenida, Demerson se preparou com uma mãe de santo da família e recebeu do Ifá D’olu patuás vindos especialmente da África. Ele também contou com a ajuda de sua mulher, Isadora, que é adepta do candomblé e deu dicas de leituras sobre a religião.