Fechar
pausa nas gravações

Diabético, José Loreto faz aplicação de insulina nos bastidores de ‘Pantanal’

Ator compartilhou o momento com seus seguidores do Instagram

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

José Loreto compartilhou com seus seguidores, nesta quarta-feira (8), mais um momento dos bastidores da novela ‘Pantanal’. O ator, que é diabético, publicou uma foto nos stories do Instagram mostrando o momento da sua aplicação de insulina. “Peão tomando insulina”, escreveu ele na legenda.

Loreto descobriu a doença com 14 anos, durante uma viagem com a viagem. Na época, ele sentia muita sede e, consequentemente, fazia muito xixi e foram esses sintomas que despertaram a atenção do pais do ator, hoje com 38 anos. “A gente ia de ônibus para praias distantes, não tinha banheiro, e eu pedia para parar de meia em meia hora para fazer xixi. Achavam que eu estava de ‘gracinha’, mas na verdade, eu estava com a glicose alta, sentindo muita sede e bebendo muito líquido para eliminar a glicose excedente pela urina”, contou ele em 2018 para a revista ‘Quem’.

Se tem uma coisa que José Loreto está gostando, é de registrar os bastidores de ‘Pantanal’. Recentemente, o ator dividiu uma sequência de fotos mostrando o que tem feito nas pausas das gravações e surpreendeu o público. Além de decorar textos e gravar, o intérprete de ‘Tadeu’ também pilota avião.

Silvero Pereira também compartilhou cliques de um momento para lá de íntimo com José Loreto. Nas fotos, postadas no Instagram do ator, os dois apareciam curtindo um banho de rio juntinhos. ”Desculpa mundo, mas tive meu dia de Guta & Tadeu”, disse Silvero na legenda da foto, se referindo aos momentos quentes do personagem de Loreto, Tadeu, com Guta, interpretada por Julia Dalavia.

Continua após a publicidade

O ator continuou e não poupou elogios ao colega de trama. “José Loreto, você é muito querido. Que prazer te conhecer de perto, sua gentileza, seu carinho, seu olhar generoso”, finalizou.

Seguindo o politicamente correto, diretor de ‘Pantanal’ veta nudez gratuita em novela

O diretor de ‘Pantanal’, Walter Carvalho, falou sobre as diferenças entre a atual e a primeira versão da novela, exibida em 1990, e destacou as mudanças a partir do politicamente correto. Segundo ele, não há mais espaço para ignorar as questões de de sexualidade, gênero, etnia, crença nas produções artísticas. Walter destacou ainda o motivo da “falta de nudez” na trama.

“Vivemos em uma era na qual ser politicamente incorreto se tornou inadmissível. Qualquer produção artística, portanto, deve respeitar questões de sexualidade, gênero, etnia, crença. Do contrário, fracassa. Essa é uma diferença essencial para as produções de antigamente”, falou Walter Carvalho em entrevista para a ‘Veja’.

Questionado sobre como o politicamente correto se reflete no ‘Pantanal’ de hoje, o diretor respondeu: “Não tem como fazer dramaturgia sem beijo, amor, paixão, sexo. Mas a nudez na versão de 1990 era tratada de outra forma. Em nossa trama, nenhum personagem fica sem roupa gratuitamente, como um objeto. A nudez que vale agora é a poética, aquela que faz sentido para a história”.