Fechar
entrevista

Dilsinho analisa briga de Ludmilla com Multishow: ‘teria outras maneiras de fazer’

Pagodeiro disse que no lugar da funkeira teria feito diferente

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Um dos maiores nomes do pagode romântico, Dilsinho, participou da estreia do podcast ‘Bulldog Show’, comandado por Tuka Carvalho e Samyra Ponce. No bate-papo sobre carreira e projetos, o cantor falou sobre a polêmica da cantora Ludmilla no Prêmio Multishow.

Quase dois meses antes do evento, Ludmilla disse que não iria se apresentar no Prêmio Multishow, após ficar de fora da categoria ‘Cantora do Ano’. “Onde não sou bem-vinda prefiro não estar só por educação. Boa festa a todos”, disse a artista, na época.

Dilsinho disse que agiria diferente de Ludmilla e que não iria expor nas redes sociais como foi feito. “Uma coisa que eu aprendi na vida, e isso pode ser qualidade para um e defeito para outros, é que eu ouço muito mais e não sou mais aquele cara explosivo. Mas se ela se sentiu incomodada com a situação, acho que ela teria outras maneiras de fazer e não ter exposto assim nas redes sociais. Não é meu perfil fazer isso”, afirma o pagodeiro.

“É uma premiação que nem sempre a gente vai estar em tudo. Você imagina quantas cantoras incríveis que também gostariam de estar ali naquele lugar”, disse o cantor.

Continua após a publicidade

E acrescentou: “Participei algumas vezes do prêmio, já fazia algumas coisas no canal, já estava com música rodando o Brasil todo e não estava lá no prêmio. Já ganhei um ano e no outro não ganhei. Não acho que isso tem que ser uma regra, a Ludmilla tem que estar em todo prêmio. Mas também acho que se ela acha que por tudo o que ela fez naquele ano, ela merecia estar lá, ela tem todo o direito de falar”, opinou.

“Mas eu, particularmente, não jogaria nas redes sociais e tentaria de outra forma, mas sei também que hoje em dia a rede social é um palco para as pessoas falarem também. Ela está no direito de falar, mas não concordo. Se o Multishow tiver que colocar todo mundo, imagina quantos não vão ficar putos? Pelo o que eu entendo do prêmio, é uma votação que acontece primeiro entre os júris, que são os contratantes, radialistas, pessoas de televisão, de escritórios de música, são pessoas que entendem daquilo ali e fazem uma votação, uma escolha”.

Tuka Carvalho fez parte do júri e explicou como funciona o sistema de votação. “Não é nem múltipla escolha. Um tempo atrás já vinha pré-selecionado os candidatos, mas hoje vem em branco e você coloca o nome que quiser”, revelou.

Projeto atual

A atual música de trabalho de Dilsinho é faixa ‘Porre’, do primeiro EP do álbum ‘Garrafas e bocas’, gravado em bares cariocas. O disco inclui parcerias do cantor com Péricles e com Zé Neto & Cristiano.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff