Fechar
sem comemoração

Eduardo Paes cancela festa de Réveillon do Rio

‘Espero poder estar em Copacabana abraçando a todos na passagem de 22 para 23’, disse o prefeito

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Na manhã deste sábado (4), o prefeito do Rio, Eduardo Paes, anunciou o cancelamento do Réveillon da cidade. Segundo uma publicação feita na conta oficial do twitter, o chefe do executivo municipal disse que apesar do comitê da prefeitura aprovar, o Estado diz que não é a hora de celebrar a festa.

Paes lamentou e disse que toma a decisão com tristeza e que não tem como organizar a celebração sem a garantia de todas as autoridades sanitárias. O chefe da pasta destacou que respeita a ciência e acrescentou que as opiniões dos comitês científicos são divergentes, mas que ele sempre vai optar pela mais restritiva.

“Se é esse o comando do Estado (não era isso o que vinha me dizendo o governador), vamos acatar. Espero poder estar em Copacabana abraçando a todos na passagem de 22 para 23. Vai fazer falta, mas o importante é que sigamos vacinando e salvando vidas”, escreveu ele.

Neste sábado (4), o prefeito Eduardo Paes realiza uma reunião com o secretariado, no Centro de Convenções Sulamérica, no Estácio. Além do Rio, outras 16 capitais e o Distrito Federal decidiram cancelar as festas de Réveillon.

Continua após a publicidade