TRÂNSITO

Elba Ramalho se pronuncia após se envolver em acidente com idoso: ‘Não tive culpa’

Através do Instagram, a cantora falou sobre o susto que passou na manhã desta sexta-feira (8)

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Elba Ramalho se envolveu em um acidente de trânsito com ex-presidente da Rio Tur, Américo Borges, de 71 anos, enquanto dirigia seu carro em Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (8). Mais tarde, a cantora recorreu as suas redes sociais para esclarecer o caso.

“Eu estava saindo de Ipanema, entrei em uma rua à esquerda e de repente eu senti uma coisa na parte de trás (do carro). Infelizmente, um senhor tropeçou, caiu e bateu na parte de trás do meu carro, no pneu. Quando eu percebi, parei e já vieram pessoas falar comigo: ‘Um senhorzinho caiu e ficou com o pé aqui no pneu de trás do teu carro'”, começou a artista através dos seus Stories no Instagram.

Elba disse que encostou o carro imediatamente e foi ajudar o senhor, que que já estava sendo socorrido por outras pessoas. Para finalizar, a cantora garantiu que o idoso não sofreu nenhum ferimento grave.

“Graças a Deus não teve nada grave, ele está é uma pessoa que eu conheço, mandou um abraço já para mim. A polícia chegou somente para prestar também, fazer o serviço. Mas não teve B.O., nada disso porque eu não tive culpa de nada. Eu não vi, senti que algo tinha batido no meu carro”, terminou.

Américo Borges foi socorrido pelo corpo de bombeiros e passa bem. O idoso teve ferimentos leves e informou que se desequilibrou, tendo caído em cima do carro da cantora, que estava em movimento.

Procurado pela coluna, o empresário da Elba, Alexandre Valentin, explicou que o idoso tropeçou na calçada, caiu na rua e acabou atingindo a parte de trás do carro da artista. O caso está sendo registrado 14ª DP, no Leblon.

Segundo a delegada Daniela Terra, responsável pelo caso, seu Américo não quis prestar queixa contra Elba Ramalho. Em depoimento, ele alegou que tropeçou e bateu a cabeça no carro da cantora. Imagens das câmeras de segurança da região serão solicitadas pela delegada para apurar os fatos.