Fechar
religião

Em clique raro, Anitta aparece pela primeira vez em terreiro do Candomblé. Veja

Cantora frequenta terreiro no RJ há 8 anos

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Nesta terça-feira (14), Anitta compartilhou com os fãs sua primeira foto nos bastidores do Candomblé, sua religião. Ao lado de seu pai de santo, Sergio Pina, a cantora aproveitou para homenageá-lo. “Encerrando o ano. Te amo, meu pai”, escreveu ela.

Após se apresentar no ‘Carnatal’, Anitta, que agora mora em Miami, continua no Brasil, e aproveitou a estada no país para ter seu dia de axé. E esta é a primeira vez que a funkeira expõe um pouco sobre sua religião publicamente.

Anitta frequenta o terreiro de Sergio Pina, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense do Rio, há 8 anos. Mostrando que não dá margem para intolerância religiosa, resolveu aparecer vestida de roupa baiana branca e com guias de seu Orixá de cabeça, Logun Edé, no pescoço. 

No candomblé, Anitta é uma Ekedi, por isso a cantora foi suspensa para a iniciação, não precisando raspar a cabeça em sua preparação para servir aos Orixás.

Continua após a publicidade

Há alguns meses, durante a pandemia, Anitta investiu no uso de laces (perucas) de diferentes tipos. O uso dos acessórios fez internautas começarem a especular que ela teria raspado os cabelos por conta da religião.

A Poderosa então veio a publico negar que tenha raspado a cabeça e contar um pouco sobre sua função no candomblé. Explicou que sim, faz santo, mas não precisa cumprir o ritual de raspar a cabeça.

“Primeiro de tudo: falo abertamente qual é a minha religião, o candomblé. Segundo, já falei mil vezes, em vários lugares, que eu sou ekedi. Se você ‘dar um Google’, ‘o que é ekedi’, vai descobrir que é uma pessoa que sim, fez o santo, mas é uma categoria que não precisa raspar a cabeça e nunca precisará”, esclareceu a funkeira, na ocasião.

Ela ainda contou como entrou nesta religião. “Fui introduzida através do meu pai, que foi introduzido pela família dele, que tem toda a descendência, a origem, africana”.

Veja a foto na galeria abaixo: