se recuperando

Esposa de Juliano Cazarré compartilha foto da filha e desabafa: ‘Vai ficar tudo bem’

A pequena veio ao mundo no dia 21 de junho com uma cardiopatia congênita rara, chamada Anomalia de Ebstein

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Letícia Cazarré, esposa de Juliano Cazarré, compartilhou nesta quinta-feira (14), a primeira foto mostrando todo o rostinho da filha, Maria Guilhermina, após a extubação. A pequena veio ao mundo no dia 21 de junho com uma cardiopatia congênita rara, chamada Anomalia de Ebstein, e precisou passar por uma intervenção cirúrgica imediata. Desde então, ela permanece no hospital se recuperando.

Em uma publicação nos stories do Instagram, Letícia fez um desabafo ao contar que a filha passou a sentir cólicas, um desconforto bastante comum nos três primeiros meses do bebê. “Passaram as dores da cirurgia, chegaram as dores de cólicas. É, filha… A vida não é fácil, mas sendo valente como você, vai ficar tudo bem”, escreveu ela ao mostrar Maria Guilhermina dormindo, enrolada em uma manta rosa e usando uma chupeta.

Na última terça-feira (12), Juliano Cazarré comoveu seus seguidores ao atualizar o estado de saúde da pequena. Ele iniciou um ‘projeto’ de realizar meditações por 30 dias com seus fãs, ao vivo no Instagram.

“Bom dia a todos, tô entrando aqui de improviso, tive essa ideia ontem a noite de fazer umas meditações aqui ao longo dos próximos 30 dias… A gente teve a Maria Guilhermina, que nasceu precisando de cirurgia cardíaca, uma cirurgia grave, ela está se recuperando bem. De vez em quando ela dá um susto na gente. Ontem ela deu um baita susto em nós. A Letícia está passando por isso lá com muita força, serenidade e muita garra, está segurando uma bronca lá”, desabafou.

O ator, que está no ar na novela ‘Pantanal’ da ‘TV Globo’, interpretando o personagem ‘Alcides’, ainda é pai de mais quatro crianças: Vicente, Inácio, Gaspar e Maria Madalena. Todos são frutos de seu casamento com Letícia Cazarré. No Instagram, ele contou que cuida das crianças, enquanto sua esposa acompanha Maria Guilhermina no hospital. Bastante emocionado, ele relatou que os filhos sentem falta da mãe.

“Eu estou aqui no Rio de Janeiro com as crianças e eu sinto que elas estão precisando de mim, aqui, também, cada um apresentando um tipo de problema. A Maria Madalena, que é a mais novinha, [está] muito chorosa, com certeza sentindo falta da mãe, porque ainda não entende o que está acontecendo, os mais velhos fazendo coisas que não eram para fazer, tipo, assistindo TV até mais tarde, fugindo dos horários, então eu estou aqui em casa tentando colocar as coisas nos eixos”, explicou.