Fechar

Ex-bailarina do Faustão denuncia racismo e desabafa: ‘Dói muito’

Ex-bailarina do Faustão e modelo, Carol Tozaki desabafa sobre racismo após passar uma experiência ruim em shopping paulista

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Ex-bailarina do Faustão, Carol Tozaki foi vítima de racismo dentro de um dos shoppings mais badalados da capital paulista. A também modelo fez questão de denunciar a triste situação que passou nesta quarta-feira (3), ao circular pelo lugar e ser mal atendida em uma loja de roupas femininas.

“Fiquei muito triste com um fato que aconteceu comigo. Eu amo São Paulo, mas, ao mesmo tempo, não tenho vontade de morar no Brasil porque as pessoas aqui são muito preconceituosas. Não importa se você tem dinheiro, se você está bem vestida ou se tem condições vir e comprar. As pessoas vão te olhar e te julgar pela cor da sua pele”, começa Carol nas redes sociais.

Mal atendida em loja

“Muitas pessoas vão pensar que é mimimi, mas não é porque aconteceu comigo. Eu senti na pele e fiquei mal. Vim ao shopping Iguatemi para comprar uma jaqueta de couro e aí eu entrei na loja da Animale, uma marca que eu gosto muito. Senti o desprazer das pessoas não querendo me atender lá. Parecia que eles achavam que eu não iria comprar. Doeu. Dói muito”, completa.

Carol ainda revelou que sentiu o preconceito desde que pisou no shopping ao perceber os olhares em sua direção. “Achei que as pessoas estavam me achando bonita, mas aí me toquei. É muito triste e essse também é um dos motivos que o Brasil não vai para frente. Os brasileiros são pessoas muito preconceituosas e olha que esse é um país com tanta miscigenação! Por isso que eu amo morar em Londres e quero voltar logo para minha casa”, finaliza.

Continua após a publicidade

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff