Fechar
artista ou não?

Ex-BBB Lumena dá recado debochado para futuros participantes do reality

‘Quem sabe, quando você sair, as pessoas te legitimem enquanto artista’, disparou a psicóloga

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A ex-BBB Lumena Aleluia resolveu aproveitar as últimas polêmicas envolvendo os nomes das ex-sisters Juliette Freire e Jade Picon, para dar um recado para os futuros participantes do reality. No Twitter, a psicóloga deu algumas ‘dicas’ para que eles não sejam deslegitimados ao saírem do confinamento.

“Você futuro BBB… Já vá fazendo seu belo curso de teatro, tirando seu DRT, registrando suas músicas, gravando seu EP. Coloque na bio ‘artista’, antes de entrar no programa, pois aí quem sabe, quando você sair, as pessoas te legitimem enquanto artista”, escreveu Lumena.

A polêmica com o nome de Juliette Freire teve início depois que Samantha Schmütz comentou em uma publicação da página ‘Mídia Ninja’, que enaltecia o posicionamento da cantora e ex-BBB no programa ‘Altas Horas’, sobre a importância de artistas se manifestarem politicamente em público.

Na ocasião, a campeã do ‘BBB 21’ disse: “Como pessoa anônima, eu já fazia questão de participar de tudo aquilo que refletisse na sociedade ou em mim, contribuir pra alguma coisa positiva. E como artista, eu acho que é obrigação. A gente tá num lugar de destaque. A nossa carreira não é só pra nós, a gente tem um papel social. Então, eu acho que tudo que atinge a sociedade nos diz respeito. Eu, como artista hoje, que estou me tornando, que sou, acho que é obrigação”.

Continua após a publicidade

Na publicação da página ‘Mídia Ninja’, Samantha comentou: “Acho ótimo se posicionar. Mas ela é artista?”, questionou. A fala da atriz tomou grandes proporções nas redes sociais e a opinião dos internautas se dividiram.

Já a polêmica envolvendo Jade Picon começou após a influenciadora digital ser escalada para ser protagonista da nova novela das 21h, da ‘TV Globo’, ‘Travessia’. Por não ter o registro profissional para atuar como atriz, o Sindicato dos Artistas do Rio (SATEDRJ) está tentando barrar a escolha pela ex-BBB na trama.

Nesta segunda-feira (16), esta coluna chegou a contar, com exclusividade, que o SATEDRJ entrou com uma denúncia no Ministério Público do Trabalho. O pedido tem como objetivo impedir todas as pessoas que não são atores e atrizes de protagonizarem novelas e, em breve, todas as emissoras vão ser notificadas da decisão.

O advogado do Sindicato dos Artistas do Rio (SATEDRJ), Rafael Peixoto, explicou que o pedido pretende fazer com que haja uma fiscalização no setor artístico. “Realizamos a denúncia frente ao Ministério Público do Trabalho pra fazer a fiscalização dessas pessoas que estão realizando trabalhando de forma irregular. E agora eu vou despachar, pra que o Ministério Público possa dar maior celeridade a esse trâmite”, disse.

O presidente do Sindicato dos Artistas do Rio (SATEDRJ), Hugo Gross também falou com a coluna e disse que a ação é para proteger o operário da arte. “Isso é pra gente poder, realmente, proteger a nossa classe, proteger os atores que tem registro e fazer o que tem que ser feito pelo sindicato: proteger sempre o operário da arte, valorizar o ator, valorizar a atriz que tem registro e que realmente batalha há anos e anos por um lugar ao sol”, falou.

Hugo Gross ainda esclareceu que não tem nada contra a influenciadora digital Jade Picon, mas está protegendo a classe artística. “Nada contra nenhuma pessoa. A senhora Jade Picon, nada contra ela, mas sim a maneira que é colocada aos leões sem nenhum preparo artístico dentro dessa esfera”, disse ele.