usou as redes sociais

Ex de jogador do Palmeiras rebate acusações e mostra corpo de delito

Ariatine Menice, que está grávida de seis meses, afirma que foi agredida pelo atleta Michel Augusto

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Ariatine Vitória Menice, de 23 anos, usou as redes sociais para rebater as acusações de que não teria feito corpo de delito. A jovem, que está grávida de seis meses, acusa o ex-namorado Michel Augusto, jogador de futebol sub-20 do Palmeiras, de agressão. Nos stories do Instagram, Ariatine publicou uma imagem do exame.

“Quero deixar bem claro aqui que, sim, eu tenho corpo de delito feito. Já que disseram que eu não tenho. Todas as vezes que fui agredida também fui para o hospital”, escreveu a jovem, ao postar uma foto de um dos exames feitos em maio deste ano.

No último dia 29, esta coluna contou com exclusividade alguns detalhes do que consta no boletim de ocorrências pelo pela moça. De acordo com as informações, o atleta, de 19 anos, bateu na jovem, por diversas vezes, na casa onde os dois viviam, em Água Branca, São Paulo.

Ainda segundo as informações, os dois estavam juntos há um ano e moraram na mesma casa por oito meses. As rotinas de agressões começaram quando Ariatine já estava grávida de quatro meses. De acordo com o que esta coluna apurou, a violência teria começado depois que Michel passou a não aceitar mais a gravidez da moça.

Em uma das agressões sofridas, Ariatine precisou ir às pressas para um hospital, após o atleta dar um chute em sua barriga, o que poderia fazer com que ela perdesse o bebê que espera. Além da violência física, Michel também traía a esposa grávida.

A jovem grávida ainda entrou com um pedido de medida protetiva contra Michel, após receber ameaças de morte. O jogador está proibido de se aproximar a menos de 300 metros de Ariatine. Além disso, não pode manter qualquer contato com a moça, independente do meio de comunicação, e nem frequentar os mesmos lugares que a ex, incluindo as promixidades de seu trabalho.

Após a repercussão do caso, Michel Augusto se pronunciou através das redes sociais e negou as acusações. “Iniciei um relacionamento com a Aritiane e depois de um ano terminamos. Após o término, a minha ex-namorada não aceitou e começou um processo de me chantagear, pedindo dinheiro, compra de apartamento e outros itens de valor. Diante da minha negativa, ela começou a ameaçar de diversas formas, inclusive de levar à imprensa notícias que não condizem com a realidade. A mãe dela sabe disso, quando me disse que iria procurar a imprensa dizendo ‘contar que ela havia sido vítima de violência doméstica’ se eu não reatasse o relacionamento com a filha dela”, escreveu ele.

Michel Augusto rechaça as acusações de agressão e diz que tem provas que a moça estaria mentindo. “O caso está na justiça. Tenho registros de B.O, fotos e prints das ameaças feitas por ela, e inclusive através de pessoas utilizando números desconhecidos. Não cometi nenhuma agressão. Afinal, quem procuraria uma delegacia para registrar um boletim de ocorrência logo após ter cometido um crime de tamanha gravidade? Estou com a consciência tranquila e em paz”, declarou.