Fechar
botou a boca no trombone

Ex de MC Brinquedo acusa cantor de golpe: ‘nunca esperava passar por isso’

Patricia Trentin classificou o caso como estelionato e ainda acusou o cantor de usar a imagem de uma pessoa morta

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Patricia Trentin, agora ex-namorada de MC Brinquedo, foi às redes sociais, na noite desta quinta-feira (23), para denunciar o cantor e acusá-lo de golpe. Sem entrar em detalhes sobre o suposto crime cometido pelo funkeiro, Patricia falou que descobriu tudo através de uma internauta, que fez contato com ela via Instagram.

“Eu nunca esperava passar por isso na minha vida. Já tinha dias que meu namoro não estava legal. Eu vinha juntando uma coisa com outra e, hoje, eu tive a prova de tudo. Estou fazendo esses stories para alertar outras mulheres para que não passem o que eu passei, o que a menina que entrou em contato comigo passou, e sei lá quantas passaram ou vão passar ainda. Para que não caiam no golpe que eu caí”, diz ela.

Em seguida, a influencer contou como começou a desconfiar da conduta de MC Brinquedo. “Quando eu abria a caixinha de perguntas, eu recebia vários alertas para eu tomar cuidado com o meu namoro, porque ele já tinha feito isso e aquilo com outras pessoas, em questão de dinheiro. Ontem à noite, resolvi responder um direct e a menina acabou entrando em contato comigo. Gravei toda conversa com ela. Tenho todas as provas, mandei pra ele e ele implorou para eu não jogar na mídia. Tanto que não vou expor a conversa, porque isso cabe só a mim e a ele”, justifica.

Patricia classificou o caso como estelionato. “Acredito que seja um caso de estelionato, de pessoa que quer tirar dinheiro, fala que o cartão não está passando e assim vai. Pensei que o caso era só comigo, até que a menina entrou em contato. Quando pessoa está junto, a gente anda junto. Ok! Mas a pessoa querer que talvez eu tirasse um carro no nome dela, não tem nem cabimento”, declara.

Continua após a publicidade

Ela ainda disse que, ao contrário do que muitos acham, era ela quem sempre ajudava o artista. “Eu tive que ler em vários sites de fofoca que eu estava com ele por interesse, por dinheiro, sendo que era eu quem o ajudava. É feio e vergonhoso falar isso, mas é verdade. Não vou dizer que não gosto, porque eu gosto, se não eu não tinha assumido um relacionamento. Eu gosto, claro que eu gosto, mas o gostar de mim é muito maior que tudo isso”.

Muito nervosa, ela ainda acusou Brinquedo de tirar proveito da imagem de um morto, mas sem citar nomes. “Estou tremendo, em choque, sem palavras. Tento pensar na pessoa que ele era comigo e na pessoa que eu ouvi os áudios, que eu vi toda conversa… A mesma história… É inacreditável como alguém pode falar de depressão na internet e usar a imagem de alguém que é morto… Falar tanto de Deus e ficar usando outras pessoas pra falar de dinheiro e tudo. Eu jurei pra ele que eu não viria aqui expor nada, mas isso é feio”.

E finalizou lamentando o quanto foi enganada. “Tô me sentindo enganada, um lixo, me sentindo usada. Mulheres, pelo amor de Deus, não caiam em qualquer pressão psicológica que esses homens fazem, pelo amor de Deus. Eu caí e sei lá mais quantas caíram nessa conversinha de ‘eu te amo'”.