Fechar
livramento

Família de cantora gospel sofre acidente de carro nos Estados Unidos

Elaine Martins publicou imagens da batida nas redes sociais

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A cantora Elaine Martins usou as redes sociais nesta segunda-feira (23), para relatar um acidente de carro que a família sofreu. Em um vídeo com imagens do veículo destruído, ela contou que o marido, Oseas Chagas, e os filhos, Joabe e Josué, se envolveram em uma batida com outros quatro carros.

“Um acidente grave envolvendo quatro carros e uma pessoa que saiu de dentro desse posto desesperadamente e bateu exatamente onde eu deveria estar, mas eu fiquei em casa. Graças a Deus, meus filhos e esposo estão bem. Foram pro hospital pra fazer procedimentos comuns. Tiveram algumas escoriações, uma dorzinha, mas o Senhor não dorme e nem dormirá”, disse ela na narração do vídeo.

Na legenda, a cantora também fez um desabafo. “Obrigada, meus amigos Daniel Pires e Renato Baptista, e nossos pastores por nos darem todo apoio e suporte em todo tempo. Eu conheço a fúria do inimigo, mas não tenho absolutamente nenhuma dúvida, de que o meu Deus é maior e fará tudo no tempo certo”, escreveu.

O acidente aconteceu em Orlando, na Florida, nos Estados Unidos, para onde a família se mudou recentemente. Nos comentários da publicação feita por Elaine Martins, os internautas falaram sobre o ‘livramento’. “Deus é fiel sempre! Foi um grande livramento. Deus irá realizar grandes coisas na vida de vocês e através de vossas vidas neste país. O melhor de Deus ainda está por vir”, escreveu uma pessoa.

Continua após a publicidade

“Me arrepiei toda. Jesus é fiel demais! O poder dele é tão grande, surreal! Que livramento”, disse uma segunda. “Desejo melhoras para seus filhos e esposo. Muito feliz que todos estão bem. Deus abençoe vocês”, falou uma terceira. “Eu também passei por isso. Estou ainda no hospital, mas tive um livramento. Glórias a Deus”, contou ainda uma quarta pessoa.

Sindicato dos Artistas se manifesta sobre cantoras gospel em filme

Após a polêmica escalação de Jade Picon para a novela ‘Travessia’, esta colunista também tem estado de olho em várias pessoas que não têm registro profissional, mas que estão atuando por aí. É o caso das cantoras Bruna Karla e Marine Friessen, que fazem parte do elenco do filme ‘Código do Armagedom’, previsto para estreia nos cinemas no segundo semestre deste ano.

Hugo Gross, presidente do Sindicato dos Artistas do Rio (SATEDRJ), voltou a falar sobre aqueles que não tem DRT e criticou quem escolhe essas pessoas para atuar. “Pra que uma pessoa quer pegar um cantor ou uma cantora pra protagonizar um filme, uma novela ou um seriado? Isso não existe. Um país onde a cultura está sendo difícil de acesso… Será que a categoria não entende que a gente tem que se unir e não permitir que isso aconteça? Pra dar chance pra tantos atores que sempre querem um lugar ao sol pra poder trabalhar com dignidade, pra pagar suas contas”, falou.

Gross reforçou que, durante a gestão dele no sindicato, haverá luta para que quem não tem registro, não trabalhe. “Mais uma vez vem as pessoas querendo burlar a lei, que é realmente banalizar a carreira do artista, do ator. O Sindicato dos Artistas, na minha gestão, não vai permitir que ninguém trabalhe sem registro profissional, que é o mínimo do mínimo. O sindicato existe pra proteger o trabalhador da arte”, garantiu.