Fechar
DECISÃO JUDICIAL

Felipe Neto vai receber 66 mil reais de deputado bolsonarista

O parlamentar foi condenado pela Justiça do Rio de Janeiro pela divulgação de uma “fake news” sobre o youtuber

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

O deputado federal Carlos Jordy (PL) cumpriu a determinação de pagar R$ 66.269,30 por danos morais causados a Felipe Neto após associar o youtuber ao massacre de Suzano, em 2019. O parlamentar é um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL). 

De acordo com Ancelmo Gois, colunista do jornal O Globo, os advogados do parlamentar comunicaram à Justiça do pagamento da indenização, que ocorreu dias atrás. 

Felipe fez um pronunciamento nas redes sociais nesta terça-feira(21) sobre o episódio. “O deputado bolsonarista Carlos Jordy fez o pagamento em juízo da indenização que me devia. Assim q a justiça liberar, os 66 mil reais dele irão para o Instituto Marielle Franco e o movimento Ocupa Sapatão. Ainda falta ele se retratar publicamente”, escreveu o influenciador no Twitter.

O valor da punição inicialmente estava fixado em R$ 35 mil a contar da data da decisão. Como a sentença foi dada em primeira instância no dia 16 de março de 2020, juros, correção e honorários advocatícios elevaram a condenação a mais de R$ 66 mil.

Continua após a publicidade

Neto processou o deputado após ele fazer uma postagem em sua conta do Twitter afirmando que o massacre de Suzano, em São Paulo, teria sido cometido por seguidores do influencer. 

A tragédia ocorreu em 2019, quando um adolescente e um homem invadiram uma escola pública e mataram oito pessoas. A Justiça também condenou Jordy a apagar a postagem. Ele também terá que publicar uma retratação, o que, segundo Felipe, ainda não aconteceu.