Fechar
Nega os boatos

Gusttavo Lima fala sobre os boatos de uma possível filha

Cantor sertanejo diz que não tinha dinheiro para comprar lanche quanto mais pagar um motel no ano de 2004

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

 O cantor Gusttavo Lima aproveitou o show, que realizou na madrugada deste domingo (20), em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, para se pronunciar pela primeira vez sobre uma suposta paternidade de uma meninda, hoje, com 17 anos. A farmacêutica de Franca, em São Paulo, Eloá Soares entrou na Justiça para provar que o sertanejo é o pai de sua filha, fruto de um romance em 2004.

“Imagina eu, com 32 anos de idade, e ontem eu descobri que sou pai de uma filha de 17 anos. Tem base? Tem base? Ela está falando que eu sou o pai, né? Mas na época eu só tinha 15 anos. E nem dinheiro para comprar um lanche eu tinha, quem dirá um motel. Cara, vou contar um negócio pra vocês. Eu ainda desisto disso. Então, vamos beber que está difícil”, disparou Gusttavo no vídeo divulgado pela página de fofocas ‘Choquei’, no Instagram.

Em uma entrevista ao site ‘GCN.net.br’, divulgada na última quinta-feira (17), Eloá, de 36 anos, revelou que tinha entrado com uma ação para provar que Gusttavo Lima seria o pai de sua filha. Ela contou que conheceu o sertanejo em um evento na escola de música de Franca, em junho de 2004. Depois, eles se encontraram e tiveram um breve romance.

A assessoria do cantor negou o boato através de uma nota e esclareceu: “No ano de 2004, Gusttavo Lima vivia uma vida simples juntamente com seus pais e irmãos numa pequena comunidade rural no interior do Estado de Minas Gerais. Na época, ele estava saindo da roça para tentar a carreira como cantor em Brasília (DF) e, até mesmo por falta de recursos financeiros, o artista se quer conhecia alguma cidade do interior paulista. Portanto, a história ventilada na mídia não procede. Lamentamos os fatos articulados e lançados de forma irresponsável na imprensa”.

Continua após a publicidade

Tags Relacionadas: