falou!

Irmão de André Gonçalves sai em defesa do ator após prisão

Marcello Gonçalves lamentou a situação envolvendo o marido de Danielle Winits, que deve em torno de R$ 350 mil de pensão alimentícia

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Marcello Gonçalves, irmão de André Gonçalves, saiu em defesa do ator, que foi preso na última semana e chegou a passar uma noite na cadeia José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte do Rio de Janeiro. O motivo é o não pagamento de pensão alimentícia da filha, Valentina Benini, de 18 anos.

Em entrevista para a coluna de Lucas Pasin do ‘Splash UOL’, Marcello disse que André está bem amparado e lamentou toda a situação. “A nossa família anda triste com a situação, mas de cabeça erguida. É melhor focar nos 95% de acerto dele do que nos 5% de algum equívoco por falta de comunicação. Ele vai bem, apoiado por toda a família com IDH africano. Enquanto quem o processa vive outra realidade, infelizmente. Não faço aqui nenhum julgamento, apenas esclareço os fatos. Ele está bem amparado”, falou.

O irmão de André Gonçalves afirmou que nada justifica processar o próprio pai. “Não estou aqui chorando, pelo contrário, sou desapegado desse mundo material. Infelizmente algumas pessoas acham que dinheiro é tudo. Ledo engano. Há erro? Sim, dos dois lados. Mas creio que não justifica processar o próprio pai, ou mãe”, disse.

Marcello Gonçalves, que também é ator, comentou que apenas um ‘milagre’ livraria o irmão dessa. Além disso, ele reiterou que eles não têm todo o dinheiro que as pessoas pensam. “Outras gerações, com outra educação, morando em áreas nobre com o IDH inglês, não têm a mesma percepção da nossa realidade. Estamos bem, mas reitero que não ganhamos fortuna na vida. O pouco que se consegue de trabalho dura pouco. Em trinta anos de profissão, conseguimos sobreviver”, revelou.

A prisão de André Gonçalves foi noticiada por esta coluna, com exclusividade. O ator foi detido na última quinta-feira (7) e liberado no dia seguinte, após uma audiência de custódia. Ele cumprirá a pena em casa, usando tornozeleira eletrônica por 60 dias.

A justiça decretou a prisão do ator por ele deixar de honrar com o pagamento de pensão alimentícia desde 2007, que na época seria de R$ 4,5 mil mensais. O processo é movido pela mãe da jovem, Valentina Benini, a jornalista Cynthia Benini, cujo relacionamento com André durou quatro anos.

A dívida já passa da casa dos R$350 mil. Em entrevista ao jornal O Globo, ele revelou que tentou um empréstimo de R$ 450 mil, mas foi negado. Danielle Winits, esposa do ator, teria oferecido ajuda, mas ele afirmou ter recusado. O pré-candidato a deputado estadual pelo Rio de Janeiro teve sua prisão domiciliar decretada em novembro pela Justiça de Santa Catarina, mas não chegou a usar tornozeleira eletrônica por não ter sido encontrado. 

Este não é o único imbróglio familiar que Gonçalves está envolvido.  Em 11 de dezembro do ano passado, veio a público um outro pedido de prisão domiciliar, agora no Rio de Janeiro. O ator deixou de pagar pensão alimentícia à filha mais velha, Manuela. A jovem completará 23 anos em fevereiro e move o processo desde que chegou à maioridade. 

Manuela é fruto do relacionamento do ator com a também atriz Tereza Seiblitz. Segundo a jovem, a pensão não é paga corretamente há mais de 10 anos. O valor da dívida ultrapassa o valor de R$100 mil.