Fechar

EXCLUSIVO João Guilherme processa influenciadora que foi retirada da festa de Deolane Bezerra

O artista pede indenização de R$ 50 mil, após ser acusado de ter ‘beijado’ MC Mirella em festa

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

O filho do sertanejo Leonardo, João Guilherme, decidiu entrar na Justiça contra Rayane Cassemiro, a influenciadora que foi “retirada” da festa de Deolane Bezerra. Isso porque, o ator alega que foi acusado falsamente pela moça, que afirmou em sua conta do Instagram, ter visto ele beijando MC Mirella, durante um after, que ocorreu no final do mês de outubro, em São Paulo.

À Justiça, João Guilherme afirmou que a situação provocou constrangimento, tanto para ele quanto para a cantora, uma vez que é apenas amigo da MC, e ela, uma pessoa casada.

Segundo consta na ação, movida no final de novembro, o filho de Leonardo está pedindo uma indenização por danos morais, no valor de R$ 50 mil.

Ainda, de acordo com o processo, João Guilherme e, MC Mirella, em razão de tanto constrangimento, foram “forçados” a se defender publicamente. Para o ator, que já estrelou novelas como “As Aventuras de Poliana”, do SBT, a moça fez isso porque estava buscando mídia e aumentar seguidores em suas redes sociais.

Continua após a publicidade

Até o momento, a influenciadora não foi citada.

Entenda o caso

Rayane Cassemiro afirmou que, estava saindo do after de uma festa e viu MC Mirella com João Guilherme, em uma escada na garagem, aos beijos, e também afirmou que não acompanhava a vida de MC Mirella, e não sabia que a mesma era casada com Dynho Alves, atualmente, confinado em A Fazenda 13.

Depois da repercussão, Mirella usou as redes sociais para se defender da acusação. Ela disse que saiu para se distrair e ficam inventando coisas. Na ocasião, a artista ainda postou no Twitter que a influenciadora que falou isso dela, estava “louca” na festa. O after em questão, era a festa de “Halloween” da influenciadora Vivi Wanderley, que aconteceu no dia 26 de outubro, em São Paulo.