DEU SUA VERSÃO

Jogador do Palmeiras fala pela primeira vez sobre denúncia de agressão à ex-mulher

Ariatine Vitória Menice, que está grávida de seis meses, pediu medida protetiva contra Michel Augusto

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Depois da coluna publicar com exclusividade que o jogador de futebol sub-20 do Palmeiras Michel Augusto, 19 anos, é acusado de agredir a ex-esposa, Ariatine Vitória Menice, de 23 anos, atualmente grávida de seis meses, o atleta se pronunciou em seu Instagram.

“Em virtude do que tem sido divulgado em alguns veículos de comunicação, decidi me manifestar para prestar alguns esclarecimentos do caso que estou envolvido”, começou ele no pronunciamento, que é dividido em duas partes.

O atleta nega as agressões e diz que a jovem não aceitou o término do relacionamento entre eles. Depois disso, segundo o jogador, ela começou a chantageá-lo.

“Iniciei um relacionamento com a Aritiane e depois de um ano terminamos. Após o término, a minha ex-namorada não aceitou e começou um processo de me chantagear, pedindo dinheiro, compra de apartamento e outros itens de valor. Diante da minha negativa, ela começou a ameaçar de diversas formas, inclusive de levar à imprensa notícias que não condizem com a realidade. A mãe dela sabe disso, quando me disse que iria procurar a imprensa dizendo “contar que ela havia sido vítima de violência doméstica” se eu não reatasse o relacionamento com a filha dela”, escreveu.

O zagueiro acusa de Ariatine Vitória Menice de destruir seus pertences em um momento de f´´uria. Ele ainda alega que os pais da jovem assistiram ao episódio e afirma que tem tudo documentado.

“Em um dia fui atuar num jogo, e quando voltei, meu apartamento estava todo revirado, destruído, com minhas roupas cortadas, já que a deixei ficar no local, sem nenhum problema. Os pais dela estavam presentes e me disseram que ela estava fora de si, descontrolada. Tenho fotos disso e o boletim de ocorrência do ocorrido”, afirma o atleta.

Ele rechaça as acusações de agressão e diz que tem provas que a moça estaria mentindo. “O caso está na justiça. Tenho registros de B.O, fotos e prints das ameaças feitas por ela, e inclusive através de pessoas utilizando números desconhecidos. Não cometi nenhuma agressão. Afinal, quem procuraria uma delegacia para registrar um boletim de ocorrência logo após ter cometido um crime de tamanha gravidade? Estou com a consciência tranquila e em paz”, declarou.

Michel continua: “A suposta vítima tem uma medida protetiva contra mim e, no entanto, continuou enviando mensagens com ameaças de me expor na mídia como tem feito. Peço a todos que não julguem antes de saber a verdade e o caso ser esclarecido”.

O atleta promete não fugir de suas obrigações e dar todo amparo necessário à filha. “Sempre aceitei esta gravidez, e vou tratar ela e minha filha da melhor forma possível. Não me furtarei das minhas responsabilidades de pai. Irei fornecer todo suporte financeiro, educação, presença, amor, carinho e todas as condições que forem necessárias a eles, sem nenhum tipo de problema”, disse.

Ele finaliza dizendo que está certo de sua inocência e que a Justiça reestabelecerá a verdade. O jovem ainda narra que peritos estiveram em seu apartamento e constataram que Aratidine não foi agredida por ele.

“Agora, cabe a mim aguardar o desfecho judicial e seguir com a consciência tranquila o desenrolar dos fatos e reestabelecimento da verdade e justiça”.

“Depois disso, a polícia científica esteve no meu apartamento e realizou um levantamento pericial no local. A perícia oficial constatou que não houve nenhum tipo de agressão ou lesão corporal contra minha ex-namorada. Pelo contrário, alguns objetos foram levados sem a minha permissão. Tenho vídeos que comprovam essa ação”, conclui.