Fechar

EXCLUSIVO Jojô Todynho vai lançar sua biografia

‘O fim da vagabunda’ vai contar toda a trajetória da cantora

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A história de vida de Jojô Todynho vai virar um livro. E o projeto já tem nome: ‘O fim da vagabunda’. Mas não se trata de uma publicação de cunho pornográfico: “Botei esse nome para atrair as pessoas, mas não é um livro de sacanagem. Eu uso essa expressão para dizer que alguma coisa deu muito certo”, explica a cantora à coluna, com exclusividade. A primeira reunião para fazer os acertos da obra está marcada para a semana que vem.

Jojô promete contar cada detalhe de sua vida, desde a infância em Bangu. “Minha infância fui muito boa e também muito ruim, porque eu precisei trabalhar cedo. Aos 12 anos, acompanhava minha mãe nas faxinas que ela dava. Também tomava conta de criança e ganhava R$ 30. A gente era sustentada pela pensão da minha avó, que era pouca. Eu queria comprar uma sandália da Melissa, entrar na C&A e comprar uma roupa… Então eu tive que começar a me virar”, lembra.

Jojô já foi camelô e vendeu picolé no trem. Ela também fez curso de cuidadora de idosos e chegou a trabalhar por três meses na área. “A remuneração era pouca e trabalhando na rua eu ganhava mais. Eu já fiz de tudo nessa vida. Só não virei prostituta”, afirma.

As decepções amorosas também vão fazer parte do livro. “Vou contar toda a minha trajetória e as minhas desilusões fazem parte. Mas vou falar de mim. Do meu sentimento. Não vou citar nome de ninguém”, avisa.

Continua após a publicidade

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff