ExclusivoJornalista acusa Band de plágio em quadro musical do programa do Faustão

Patrícia de Morais alega ter tido seu projeto de reality sertanejo 'The Best Brasil' copiado pela emissora

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

O programa ‘Faustão na Band’ estreou um reality show musical, chamado ‘Hora da Decisão’. O objetivo do quadro é eleger um novo astro do sertanejo, que ganhará o contrato de um ano com uma gravadora, além de abrir os shows de grandes nomes do estilo musical. Acontece que, o que parecia ser uma inovação na televisão brasileira, na verdade é a cópia de um projeto apresentado por Patrícia de Morais.

A jornalista está processando a emissora por plágio, após ter tido seu projeto ‘The Best Brasil’ copiado e colocado em exibição no programa do Faustão, com um outro nome.

O imbróglio começou quando Patrícia de Morais levou a proposta do reality de apenas um estilo musical, o sertanejo, até a ‘Band’, em dezembro de 2021. De acordo com o processo, em uma reunião, os representantes do canal disseram que “o projeto se encaixava perfeitamente nas necessidades da emissora”. Ainda segundo o que consta nos autos, a ‘Bandeirantes’ teria afirmado já ter patrocinadores interessados em apoiar o quadro musical.

Após inúmeras reuniões, a emissora chegou a enviar uma proposta relacionada ao projeto para a jornalista. Mas, o acordo, que parecia estar mais próximo do que nunca, não foi acertado. De uma hora para a outra, a ‘Band’ teria começado a dificultar o agendamento de novos encontros e finalizar as pendências necessárias. Até que, Patrícia descobriu que a sua ideia de reality show sertanejo estava sendo vinculado ao quadro ‘Hora da Decisão’.

A jornalista descobriu ainda que a ‘Bandeirantes’ havia pedido um registro de marca em nome deles, exatamente 90 dias depois da primeira apresentação de todo seu projeto na emissora.

Após o ocorrido, a profissional procurou os representantes da ‘Band’, que tentaram jogar a responsabilidade para o programa de Fausto Silva, alegando que a emissora não teria nada a ver com tudo que estava acontecendo. Posteriormente, a alta cúpula do canal afirmou que a idealizadora inicial do reality show musical não seria prejudicada e que a ‘Bandeirantes’ faria tudo corretamente. Mas, segundo a jornalista, depois disso, as suas ligações e mensagens não foram mais atendidas.

No processo, Patrícia de Morais diz que seu sonho “foi roubado e usurpado”. Por isso, a jornalista pediu que a exibição do programa seja suspensa. Além disso, ela processa a emissora por danos materiais e morais. Caso a ‘Band’ seja condenada no caso, ela poderá pagar cerca de R$ 10 milhões para a profissional.