Fechar
contrato encerrado

Jornalista Tony Trindade e mais 22 profissionais deixam a Band Piauí

Parte da programação que seria exibida nesta segunda-feira (30) precisou ser cancelada e retirada do ar

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

O jornalista Tony Trindade e mais 22 profissionais da sua equipe, incluindo o filho Thiago Trindade, deixaram a Band Piauí nesta semana. Após a decisão, parte da programação que seria exibida nesta segunda-feira (30) foi cancelada e retirada do ar. O motivo da saída foi um descumprimento no contrato por parte da emissora com a empresa do apresentador.

“Não somente eu e meu filho [deixamos a emissora]. Foi nossa empresa, sócia do projeto que tínhamos lá, com mais 21 profissionais que atuavam na emissora. Motivação única: não cumprimento de contrato. Atrasos de repasses de valores vultosos”, contou Tony Trindade em uma entrevista para o site ‘GP1’.

Ainda segundo o site, o jornalista irá remanejar toda a equipe para outros projetos elaborados por ele próprio. “Estamos em movimento, reuniões, vendo como alocar todos da melhor forma. Somos responsáveis e solidários a nossos companheiros de trabalho”, completou.

Tony Trindade fazia parte do time da Band Piauí desde setembro de 2019. Ele comandava o telejornal ‘Boa Tarde, Piauí’ e o ‘Reflexão de Vida’. Já seu filho, Thiago Trindade, trabalhava na emissora há mais de três anos e era considerado como uma grande descoberta do jornalismo policial. O rapaz apresentava o jornal ‘Brasil Urgente Piauí’ desde outubro do ano passado.

Continua após a publicidade

Na ocasião, Thiago Trindade divulgou a novidade para seus seguidores em uma publicação no Instagram. “Aqui está o início de uma história que vamos escrever juntos! Agora, com muito orgulho, faço parte do time dos competentes profissionais da TV Band. Nosso novo programa Brasil Urgente Piauí me tira dos bastidores e me coloca de frente as câmeras para trazer uma comunicação direta e sincera, pautada em servir nossa comunidade, contando as histórias da nossa gente, mostrando as denúncias e cobrando as autoridades”, escreveu ele.