Fechar

EXCLUSIVO Justiça finalmente condena Belo e Gracyanne Barbosa a quitar dívida com hospital

Casal ainda não se manifestou na ação, mas pode recorrer da decisão

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Belo e Gracyanne Barbosa finalmente foram citados na ação de cobrança movida pelo Hospital São Camilo e, agora, acabam de ser condenados pela Justiça do Rio de Janeiro a pagar a quantia que devem à unidade de saúde. A sentença de 1ª instância é do juiz Álvaro Luiz Valery Mirra, e foi publicada no último dia 17, tendo, ainda, a possibilidade do casal recorrer da mesma.

O magistrado foi bem objetivo em sua justificativa, alegando ser ‘límpida e cristalina’ a celebração de contrato de prestação de serviços médicos entre a Sociedade São Camilo e a ré, Gracyanne Barbosa.

Pelas provas apresentadas nos autos do processo, ficou claro que Gracyanne e Belo não cumpriram com seu dever de arcar com os custos dos procedimentos realizados em sede hospitalar. Sendo assim, o casal então foi condenado ao pagamento da quantia de R$2.959,22, com a devida correção monetária e juros.
 
A ação teve início após Belo firmar um contrato de prestação de serviços com hospital, no dia 23 de dezembro de 2018. O contrato era relativo à intervenção clínica e hospitalização de Gracyanne no Hospital São Camilo. No total, as despesas referentes ao procedimento médico chegaram ao montante de R$2.550,78.

O Hospital alega ter cumprido com a parte que lhe cabia no contrato, mas não recebeu o pagamento pelos serviços prestados. Os advogados do hospital sustentam ainda que tentaram receber a quantia de forma amigável, mas sem sucesso em todas as tentativas. Belo se responsabilizou pelo débito sob litígio, e por conta disso acabou também respondendo à ação através do polo passivo.

Continua após a publicidade

O contrato prevê uma multa de 10% para caso de inadimplência, razão pela qual a ação movida pretende o recebimento da quantia de R$2.959,22. O hospital foi clara ao afirmar que não possuía interesse na realização de audiência de conciliação.

A citação de Belo e Gracyanne para apresentação da contestação aconteceu em 24 de março de 2022. No entanto, como de costume, eles não foram encontrados no endereço informado para citação e, por conta disso, foi necessário deixar um telefone de contato para que Belo entrasse em contato com a oficial de justiça responsável. Além disso, os dois não se manifestaram na ação.
 
A época em que a Justiça ainda tentava citar Gracyanne e Belo, a assessoria do casal chegou a informar que a dívida foi paga e mostrou até documentos de depósito ao Tribunal de Justiça (TJ). No entanto, a informação não era verídica.