Fechar

EXCLUSIVO Justiça marca data de exame de DNA de operadora de telemarketing e ex-jogador

Thamires Lopes e Giovanni Oliveira vão fazer o teste para descobrirem se ele é ou não é o pai biológico da moça

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Seis meses depois de dar entrada em uma ação judicial de investigação de paternidade, a operadora de telemarketing Thamires Lopes recebeu a notícia que a Justiça marcou a data do seu exame de DNA. No dia 22 de fevereiro, no Hospital Guilherme Álvaro, no bairro do Boqueirão, em Santos, ela e o ex-jogador Giovanni Oliveira vão fazer o teste para descobrirem se ele é ou não é o pai biológico da moça.

Em novembro do ano passado, Thamires contou para a coluna sobre a sua tentativa de aproximação do ex-ídolo do Santos nos últimos anos e até de um encontro marcado por muita confusão no dia 9 de outubro, dia em que completou 28 anos . Ela foi ao jogo entre Santos e Vasco na Arena Barueri, em São Paulo, de um torneio reúne ex-jogadores dos grande clubes, mas deu tudo errado.

“Fui para vê-lo e ele foi ríspido comigo: ‘você está acabando com a minha vida .Eu não sou seu pai porque eu fiz vasectomia em 96 e sou pai de filho adotado’. Me disse isso aos berros ! Fiquei muito nervosa, passei mal e precisei ser amparada pelos colegas de time dele por causa da confusão”, contou Thamires, que nasceu em 1993.

A jovem conta que é fruto de um relacionamento rápido da mãe com um rapaz que se apresentou como jogador de futebol, em Araçatuba. Eles se conheceram em um concurso de karaokê. “Eu descobri aos nove anos que o homem que me criou não era meu pai. Depois de um tempo a minha mãe contou a história real e eu fiquei procurando fotos da época de vários jogadores com as características que ela me passou e aí ela reconheceu uma foto do Giovanni”, comentou.

Continua após a publicidade