abriu o jogo

Leo Maia detalha como foi adotado por Tim Maia: ‘foi um grande herói’

Leo Maia revelou por que Tim Maia decidiu assumi-lo como filho ainda na barriga de sua mãe

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Em entrevista ao podcast ‘4 Talk Cast’, Leo Maia, filho adotivo de Tim Maia, abriu detalhes de como foi adotado pelo cantor. Segundo o cantor, compositor e guitarrista, sua mãe engravidou dele no período em que havia brigado com o saudoso artista e acabou conhecendo e se envolvendo com outro homem, que acabou sumindo do mapa depois.

“Minha mãe namorava o meu pai, brigou com o meu pai e, nesse [período] que se separou, conheceu um cara. Esse cara me gerou e sumiu. Não foi um cara honrado e maneiro. O meu pai conhecia e gostava muito da minha mãe. E minha mãe era muito menina, tinha uns 16 ou 17 anos quando ficou grávida de mim”, contou ele.

Leo explicou por que Tim Maia decidiu assumi-lo como filho, ainda na barriga de sua mãe. “Meu pai, sendo um grande herói, nobre e foda, chegou pra minha mãe e falou o seguinte: ‘fica aqui, porque você não tem ninguém por você, eu vou cuidar de você, você vai ter o filho aqui, a gente assiste e você vai ser cuidada. Ele amava minha mãe, eu nasci, fui crescendo e virei o xodó dele”, revelou Leo Maia.

Em outra entrevista, Leo também contou como descobriu que era filho adotivo do cantor. Segundo ele, a descoberta aconteceu aos 17 anos, através de uma garota de programa. Ele disse ao ‘Vênus Podcast’ que ficou em choque com a revelação.

“Quando eu descobri que era filho adotivo, tinha 17 anos de idade. Eu não sabia (…). Cara, foi uma prostituta que me falou. Uma menina que fazia programa e queria roubar o meu pai. E eu nunca deixava ninguém roubar o meu pai. Ela, com raiva, disse : ‘Ah, tu nem filho dele é, meu irmão. Tu é adotado’. Aí eu fiquei em choque”, contou.

Após descobrir a adoção, Leo Maia só abordou o assunto uma única vez com o pai: “Ele olhou para mim e deu dois tapões no peito dele: ‘Você é o meu filho do coração, porra! Você eu escolhi, meu irmão, na barriga da sua mãe’. (Depois foi para o quarto dele), pegou a porta e deu um fechadão. E ficou o dia inteiro no quarto. Só saiu à noite'”.