Fechar

EXCLUSIVO Li Martins recorda época no grupo Rouge: “Eu não podia fazer nada sozinha”

Em entrevista ao youtuber Bruno di Simone, a cantora também contou se pretende ser mãe novamente

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Em entrevista ao youtuber Bruno di Simone, Li Martins abriu o jogo sobre o tempo em que era integrante do “Rouge”, grupo feminino que fez sucesso nos anos 2000.

Questionada se existe alguma possibilidade de uma volta do do grupo, que acabou em 2006 e teve um breve retorno em 2017, a cantora foi sincera e respondeu que não. 


“Naquela época, a gente era muito nova, estava abraçando uma oportunidade que era dedicar nossas vidas para aquilo. Então 24 horas do nosso dia, a prioridade era Rouge. O resto todo ficou em segundo plano, nossas famílias, vida social […] Hoje, eu não estaria disposta a me sacrificar tanto pelo Rouge, porque o que eu tenho hoje, eu não tinha na época. Eu não tinha que dividir minha atenção com mais nada. Todas nós abrimos mãos de muitas coisas durante os quatro anos de contrato”, disse. 


Ela revelou ainda que perdeu diversas oportunidades por causa de uma exigência. “A gente não podia fazer nada sozinha. Era uma cláusula no contrato. Se alguém me chamasse para fazer uma presença vip, eu não podia fazer… Tinha que ser o grupo inteiro. Dublagem, como a que eu acabei de fazer, também não podia”, contou.

Continua após a publicidade


Li também falou sobre sua vida pessoal. A artista revelou para Bruno que já viveu um relacionamento abusivo.”Não se falava tanto sobre isso. Então, as pessoas viviam e não sabiam. Eu vivi sim, muitos, e sem nunca saber. Quando, a gente fala sobre relacionamento abusivo, a gente não fala só de uma situação específica, às vezes, é uma manipulação psicológica”, pontuou. 


Casada com o modelo João Paulo Mantovani, Li Martins é mãe da pequena Antonella e, no fim do ano passado, sofreu um aborto espontâneo. Quando questionada se pretende ter mais filhos, a ex-A Fazenda diz que, apesar de ter vontade, ainda não está segura.  


“Não foi planejada [a segunda gestação]. A gente tem muito receio, são muitas coisas que a gente tá passando, como a pandemia. Os trabalhos estão voltando agora. Fiquei dois anos sem trabalhar. A gente precisa entender o que vai acontecer daqui para frente. Trazer um filho para o mundo nesse momento, me gera muita insegurança. Não vou dizer que não tenho vontade”, concluiu.


A entrevista completa com Li Martins vai ao ar no canal do youtuber Bruno di Simone, nesta quarta-feira (22), às 9 horas.