Fechar
época difícil

Luciana Gimenez abre o coração sobre fase grávida de Mick Jagger: ‘infernal’

Apresentadora revela que foi alvo de perseguição da mídia e que chegou a ter sua privacidade violada

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Em entrevista ao canal de Ana Hickman, Luciana Gimenez abriu o coração para dar detalhes sobre como foi encarar sua primeira gravidez, tendo o astro do rock, Mick Jagger, como pai de seu primogênito, Lucas Jagger, hoje com 22 anos.

“Foi um momento muito difícil. Todo mundo sabe da história. Apesar de eu estar saindo com o Mick, a gente não estava planejando ter um filho. Então foi muito difícil lidar com isso, até por saber que seria uma situação muito difícil pra ele também. Eu era muito nova, estava morando em Londres, estava sozinha… Foi difícil”, conta.

Luciana diz que viveu um verdadeiro inferno em sua gestação, por conta da perseguição da mídia do mundo inteiro. “Foi um inferno. Até hoje eu vivo alguns resquícios desse inferno. As pessoas se sentem no direito de falar o que querem, julgar, jogar pedra, falar, achar… E eu tomei uma decisão quando fiquei grávida: de nunca rebater notícias. Só que você paga um preço caro, porque você lê os maiores absurdos sobre a sua pessoa na internet. E eu nunca falei nada. Foi infernal”, revela.

Na época, a apresentadora estampou mais de 500 capas de jornal em apenas um mês. Para tentar sair da mira da imprensa, ela afirma que chegou a fugir para a Austrália.

Continua após a publicidade

“Eu fugi pra Austrália, depois fugi pra Nova Iorque… Só que cheguei na Austrália, estavam os fotógrafos no aeroporto. Me perseguiram na Austrália, passei dois meses lá e voltei pra Nova Iorque. Chegando lá, os fotógrafos estavam lá. Eu acho que foi uma perseguição absurda”, diz.

Além da perseguição, Luciana Gimenez também disse que teve sua privacidade violada. “Invadiram meu celular, eu poderia ter processado o News Of The Wall, na época. Aí descobriram o sexo da criança… O coitado do Mick, todo mundo levando ele à loucura. Foi muito difícil e, ao mesmo tempo, eu tendo que segurar o pai da criança, porque ele também estava em um momento difícil”.

Por fim, a apresentadora da RedeTV! garantiu que o cantor é um ótimo pai pra Lucas. “O Mick é um grande pai. Eu tinha certeza, até pela nossa relação, porque eu sou uma pessoa que não tem motivação financeira com nada, a não ser com o meu trabalho. Nunca ganhei dinheiro de homem, até gostaria… Por isso trabalho desde muito cedo, era essa minha motivação (ser auto-suficiente)”.