pega, ladrão!

Luciana Gimenez é assaltada em Londres

A apresentadora está na cidade para curtir um show da banda Rolling Stones

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Luciana Gimenez, que está em Londres para curtir um show da banda Rolling Stones, neste sábado (25), acabou passando por um perrengue na cidade. A apresentadora contou nos stories do Instagram que foi roubada enquanto pagava uma coisa que pelo celular, dentro de uma loja. Segundo ela, duas adolescentes pegaram o dinheiro que estava em sua bolsa e saíram correndo.

“Pasmem, saí do Brasil pra ser assaltada em Londres. Pegaram da minha bolsa um dinheiro que eu tinha pra trocar. Eu corri atrás da menina, consegui pegar uma menina, menina debochada… Olhando pra minha cara e falando ‘não vai acontecer nada comigo porque eu tenho 14 anos’. Debochando do policial, um absurdo”, começou contando Luciana Gimenez nos stories.

A apresentadora disse que o dinheiro estava com uma segunda menina, que conseguiu fugir. “Eu saí gritando na rua: ‘pega, pega, ladrão’. Eu peguei uma menina, a outra conseguiu escapar e ela estava com meu dinheiro e o celular de um senhor. Eu dei mole, fui pagar um negócio no caixa e o dinheiro estava na parte de trás da bolsa. Acho que é uma técnica delas, a que não tem nada vai mais devagar e a outra, que está com as coisas, consegue fugir”, relatou.

Pouco tempo depois, Luciana retornou aos stories do Instagram, mais calma, para explicar o que aconteceu. “Eu estava numa loja, eu tinha um dinheiro pra depositar no banco e eu estava pagando uma coisa com meu celular, então não percebi na hora, porque o telefone tocou na mesma hora. Aí umas meninas pegaram o dinheiro e saíram correndo. Eu fiquei com raiva e falei: ‘você deveria estudar e viver sua vida’. Aí a moça da loja falou: ‘mas os parentes também fazem isso’. Quando isso acontece com a gente, dá um desespero”, contou.

Luciana Gimenez ainda finalizou dizendo que não conseguiu recuperar o dinheiro. “Você fica se sentindo violada. Só porque a menina tem 15 anos de idade, ela tem mais direitos que a gente? A gente fala do Brasil, mas em todos os lugares é igual”, falou ela, que completou: “Não reavi meu dinheiro, me ferrei. Mas pelo menos foi só dinheiro, não pegaram celular, nem meu passaporte, mas foi horrível“.