Fechar
Despedida

‘Mais um neto que perco mesmo estando vivo’, lamenta Marcio Poncio

Pastor se emociona na despedida de Josué, que irá voltar viver com a sua família biológica após processo de adoção ter sido suspenso

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

O pastor Marcio Poncio não aguentou se despedir do pequeno Josué, que irá voltar a viver com a família biológica após quase dois anos de tentativa de adoção da filha Sarah e o ex-genro Jonathan Couto. O também empresário fez um post emocionante para falar da partida do menino.

“Vai, meu amor, e cumpra o seu propósito. Te demos amor, carinho e proteção, mas sem esquecer que representávamos um amor maior, o amor e o cuidado do Pai na sua vidinha. Que Ele agora decida sobre o seu destino, que Ele te abençoe e te dê paz, prosperidade, saúde e te conduza no caminho Dele onde nos encontraremos em breve. Eu te amo, meu netinho, vou te amar para sempre. Que o senhor te abençoe e te guarde, que Ele faça resplandecer a luz do seu rosto sobre a sua vida, que o Senhor te abençoe e te dê a paz”, começou o religioso.

Na sequência, o pastor admitiu o sofrimento pela separação. “Que dor insuportável. Mais um neto que perco mesmo estando vivo. Eu te amo, meu filho, te amo com todas as minhas forças”, disse Marcio se referindo a Madalena, menina que ele achou que era suaneta filha de Leticia Almeida com Saulo Poncio. Só que depois foi comprovado que a menina era herdeira de Jonatahan Couto, marido da filha Sarah.

Entenda o caso

Continua após a publicidade

Sarah revelou na última quinta-feira (9), em comunicado de sua assessoria de imprensa, que a mãe biológica do Josué solicitou a guarda da criança, que ela tentava adotar desde 2020. A notícia de que Josué retornaria aos cuidados da mãe biológica, que vive no Ceará, foi divulgada pelo perfil @casodefamilia. De acordo com uma fonte da publicação, a mãe biológica de Josué afirmava que estava ‘psicologicamente mal’ e ‘queria o filho de volta de todo jeito”. Ela entrou na Justiça e conseguiu a guarda concedida por um juiz.

Depois da repercussão do caso, Sarah usou as redes sociais para lamentar de não ter conseguido a guarda de Josué. “Nunca pensei que precisaria escrever um texto como este, mas vamos lá… Ninguém consegue explicar o que é ser mãe. Por exemplo, não consigo me visualizar antes dos meus filhos. Eles são, e para sempre serão, uma parte da minha alma. Quando eu encontrei o Josué, eu me tornei mãe mais uma vez. Ao longo de toda nossa experiência, compartilhei todo o amor que pude com esse bebê, que tanto merecia afeto e carinho. Não importa o que digam, eu serei eternamente sua mãe. , afirmou em um post no Instagram.