Fechar
luto

Morre a atriz Maria Lúcia Dahl, aos 80 anos, no Rio

A artista sofria de Alzheimer e teve complicações no rim

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A atriz Maria Lúcia Dahl morreu nesta quarta-feira (15), aos 80 anos, no Rio. Segundo informações do portal ‘G1”, ela estava internada há uma semana no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, e teve a morte confirmada no fim da noite. A artista sofria de Alzheimer e teve complicações no rim.

O velório da artista, que completaria 81 anos no mês que vem, acontece na tarde desta quinta-feira (16), no Memorial do Carmo, no Cemitério do Caju, zona Norte do Rio, onde também será realizada a cremação.

Maria Lúcia Dahl estava vivendo no Retiro dos Artistas, onde se mudou para em fevereiro de 2020, pouco antes do início da pandemia do novo coronavírus. A chegada da artista ao local foi anunciada no Instagram da instituição na época.

Maria Lúcia fez diversos papeis na TV, como nas produções ‘Anos Rebeldes’, em 1992, ‘Anos Dourados’, de 1986, ‘Dancin Days’, de 1978, e ‘Espelho Mágico’, em 1978. A atriz também fez parte do elenco de ‘Salsa e Merengue’, ‘Torre de Babel’, ‘Jogo da Vida’ e ‘Espelho Mágico’. Seu último trabalho na televisão foi na novela ‘Aquele Beijo’, em 2011, vivendo a personagem Lena. A artista também fez papeis no cinema e outros trabalhos como roteirista.

Continua após a publicidade

Nas redes sociais, internautas lamentaram a morte de Maria Lúcia. “Meus sentimentos a família, era uma grande atriz”, escreveu uma pessoa. “Desejo sentimentos a família, ela era uma baita atriz. Que triste”, lamentou outra. “Perdemos a beleza e a elegância de Maria Lúcia Dahl”, disse ainda um rapaz.

Morre Milton Gonçalves, aos 88 anos, no Rio

No último dia 30, a dramaturgia brasileira também perdeu o ator Milton Gonçalves, de 88 anos. O artista sofreu um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC) em fevereiro de 2020, que afetou diretamente seus movimentos e fala. Na ocasião, ele chegou a ficar três meses internado e precisou de aparelhos para respirar. Desde então, ele estava afastado das telinhas e recebia os cuidados necessários em sua residência.

Milton Gonçalves é um ator, diretor e dublador, com um lista extensa de trabalhos na TV, cinema e teatro. Na ‘Globo’, o artista fez mais de 40 novelas, sendo sua última participação em ‘O Tempo Não Para’, em 2018, onde deu vida ao personagem Eliseu, que era um catador de material reciclável. Sua última aparição na emissora foi no especial de fim de ano ‘Juntos a Magia Acontece’ , em 2019, onde interpretou Orlando Santos.

Em 2006, na segunda versão da novela Sinhá Moça, sua atuação como Pai José valeu uma indicação para o prêmio de Melhor Ator no Emmy Internacional. Na cerimônia, Milton apresentou o prêmio de Melhor Programa Infanto-juvenil ao lado da atriz americana Susan Sarandon. Ele foi o primeiro brasileiro a apresentar o evento.