Fechar
no Rio de Janeiro

Mulher de Douglas Silva vai à delegacia denunciar ataque racista contra o ator

Mesmo blog que atacou o ator também foi transfóbico com Linn da Quebrada

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Carolina Brito, mulher do ator Douglas Silva, que está confinado no BBB22, reservou esta quarta-feira (26) para ir à Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância), acompanhada do advogado do ator, para apresentar uma notícia crime, após o brother ser alvo de um ataque racista pesado na internet.

O autor do ataque é um blog que publicou um texto chamando Douglas Silva de “um macaco no BBB”. Publicado no dia 21 de janeiro, o texto garante o anonimato do autor e ainda diz o seguinte: “Desde quando são permitidos macacos como integrantes de reality shows? Douglas Silva não passa de um primata, nada mais e nada menos”.

E a mensagem de ódio não parou por aí. “Provavelmente o colocaram nesse programa por pena, até nisso é capaz de terem cotas. Este negro imundo deveria ser crucificado vivo, e, logo em seguida, ter seu corpo carbonizado. Não vejo sentido em colocarem um macaco imitador de circo na televisão. O lugar desse preto fedido é trabalhando no sol quente numa lavoura e levando chicotada do nosso amigo Capataz Sancto”, diz outro trecho.

O mesmo blog também foi preconceituoso com a participante Linn da Quebrada, ao chamá-la de ‘traveco’. “Eu não entendi qual é o problema, já que só utilizaram o substantivo correto ao chamar ele de amigo, pois ele é HOMEM [sic]. Linn, não importa se você usa peruca, maquiagem ou dá o c*, você nasceu com um pênis, vai continuar sendo um homem pro resto da sua vida”, diz um trecho do texto sobre a cantora trans.

Continua após a publicidade