Fechar
entrevista

Murilo Couto assume paixão platônica por Tatá Werneck

‘Não namorei, mas eu queria’, disse o humorista

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Murilo Couto foi um dos convidados do podcast ‘Ticaracaticast’ e fez uma revelação que surpreendeu inclusive os apresentadores Bola e Carioca: o humorista afirmou ter sido apaixonado pela colega Tatá Werneck.

Ao ser questionado sobre um suposto namoro com a apresentadora do ‘Lady Night’, Murilo respondeu que esse era seu desejo. “Não namorei, mas eu queria. Eu gostava dela, gostei de ficar triste, esse é o problema. Era aquela coisa meio ridícula, de longe”, contou.

Murilo ainda lembrou da época em que ele e Tatá integraram a banda ‘Renatinho’, junto com os humoristas Maurício Meirelles, Nil Agra e Marco Gonçalves. Segundo Couto, todos da banda tinham a mesma intenção com Tatá. “Na verdade, todo mundo queria pegar a Tatá. Eu acho que a banda foi formada mesmo pra tentar pegar ela”, brincou.

O humorista garantiu que o amor se restringiu ao campo platônico, pois Tatá, inclusive, namorava na época. “Ela namorava. Eu sou um puta idiota, não sou nem desses que chega, eu só fico olhando”, lembrou.

Continua após a publicidade

Mesmo fazendo parte do elenco do ‘The Noite’ e conhecendo diversas celebridades que passam pelo talk-show de Danilo Gentili, Murilo afirmou que Tatá foi sua única paixão famosa. “Só por ela. Para você ver, quanta famosa eu não vi e fiquei apaixonado pela Tatá Werneck?”, ironizou.