Fechar
abriu o coração

Nadja Pessoa diz que viveu relacionamento abusivo com D’Black: ‘ele tinha psicopatia’

Ex-Fazenda diz ter ido ao fundo do poço quando descobriu suposta traição do cantor com bailarina do ‘Dancing Brasil’

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Nadja Pessoa é a entrevistada da vez do podcast de Juju Salimeni. No bate-papo com a ex-Panicat, a ex-peoa de ‘A Fazenda’ deu detalhes sobre a relação com o ex-marido, o cantor D’Black. Nadja contou que vivia em um relacionamento abusivo com o campeão do ‘Dancing Brasil’. Ela falou que a relação tóxica desencadeou sua depressão.

“Antes de entrar no Power eu já estava em depressão. Eu tinha ido em três psicologas e todas as três disseram que eu estava com depressão, inclusive a psicóloga do programa. Isso antes do primeiro reality, por conta do relacionamento abusivo que eu sofri. Ele tentava me fazer como culpada de tudo”, conta.

Ela, que também participou do reality ‘Ilha Record’, ainda revelou ter descoberto diversas traições. “Ele me traía e cada traição que eu descobria tinha uma motivo. E a culpa era sempre minha. Aí eu perdoava e perdoava e aquilo foi me deixando com a autoestima muito baixa. Eu fui apagando e aí comecei a tomar antidepressivo, serotonina, que mexe com o corpo, com o psicológico, mexe com tudo. Então já entrei no Power (Couple) totalmente mal”, disse ela, que alegou que seu estado de saúde interferiu diretamente em seu comportamento explosivo no reality de casais.

Nadja disse que só melhorou da depressão após a separação. “Eu me curei quando houve a separação. Eu sofri. Eu fiz terapia com sexóloga, porque eu tinha perdido o desejo sexual por ele, por conta da depressão, que traz isso. Os remédios que eu estava tomando também faziam isso. E ele falava o tempo todo: ‘culpa sua’. Uma responsabilidade muito grande em cima de mim. E fizemos terapia de casal com a sexóloga pra entender o que estava acontecendo”.

Continua após a publicidade

Apesar de ter tentado resgatar seu relacionamento, Nadja diz que tudo voltou a desandar durante a participação de D’Black no ‘Dancing Brasil’ pois, segundo ela, o cantor a traiu com sua parceira na competição de dança.

“Não teve jeito! Ele foi para o Dancing Brasil, teve um caso com a bailarina e isso acabou comigo. Peguei conversas no celular dele. Ele falando mal de mim. Ela falando: ‘nossa, como você consegue ficar casado com ela?’ Ele falando: ‘só por enquanto'”, entrega.

Ela ainda expos que D’Black supostamente sofre de psicopatia. “Junto com a terapia de casal, eu tinha minha psiquiatra que cuidava de mim. E um mês antes da gente se separar, ela falou pra mim que eu estava pronta pra saber o que ela tinha para me falar sobre o meu relacionamento. E ela me disse que ele tinha uma psicopatia”.

Ela disse ainda que foi ao fundo do poço quando descobriu a traição com a bailarina. “A gente estava até bem, sabia? Eu tinha trabalhado o perdão, fui pra igreja, perdoei, estávamos recuperando a nossa relação. Foi ele entrar nesse programa, se relacionar com essa mulher que minha autoestima foi lá embaixo e eu tive outra crise de depressão. Fiquei num quadro depressivo terrível, não conseguia sair da cama. Isso foi depois da Fazenda.

Nadja também citou um episódio que nunca esquece: quando D’Black a teria escorraçado após vencer o ‘Dancing Brasil’. “Na noite que ele ganhou, a gente chegou no apartamento e ele me disse assim: ‘agora eu estou milionário, não preciso mais de você’. Nunca mais esqueço disso. É pior que bater. Ele quis terminar, eu tentava segurar o relacionamento, aquela coisa de família. A gente veio morar em São Paulo, a mulher (bailarina) era do Rio. Ela saiu do Rio e veio morar em São Paulo também”, conta.

Por fim, ela relembrou quando, de fato, o casal se separou. “A gente morava em São Paulo há uns quatro meses, quando ele me disse: ‘eu estou indo ali na rua, daqui a pouco eu volto. Você quer alguma coisa da rua?’. Eu disse não e deitei pra dormir. Ele nunca mais voltou”.

Ainda segundo Nadja Pessoa, além de nunca mais ter retornado, D’Black a teria deixado sem nada. “Levou meu laptop, raspou todo dinheiro da nossa conta. Levou tudo. Me deixou sem nada. Liguei pra ele e ele me disse que já estava na Dutra, indo pra casa da mãe e me mandou falar com o advogado porque não tinha mais nada para falar comigo. E aí o advogado começou a me ligar. Eu fiquei em estado de choque, não falei com o advogado, não falei nada. Me isolei e ele foi pra internet, colocou um vídeo falando que tinha terminado”.