JÁ FOI LIBERADO

Orochi é detido pela PM por porte de entorpecentes

Cantor e mais três pessoas foram abordados pela Polícia Militar em Niterói

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

O rapper Orochi, de 23 anos, foi detido na manhã desta sexta-feira (1) por porte de entorpecentes. O cantor estava acompanhado de duas mulheres e um amigo em uma BMW X6 AZUL, avaliada em R$ 600 mil, quando foi abordado por PMs na Alameda São Boaventura, em Niterói, Região Metropolitana do Rio.

No interior do veículo onde eles estavam, foram localizadas uma pequena quantidade de haxixe e skank. O material foi apreendido e o rapper encaminhado para a 78ª DP (Fonseca), onde o caso foi registrado.

Orochi alegou estar vindo de um show em Itaguaí e iria para o motel Sparta, localizado no Centro de Niterói, com as meninas, já que teria um show em São Paulo, com voo marcado para às 15h.

Na delegacia, os quatro foram liberados após a assinatura do termo circunstanciado de porte de entorpecentes para consumo próprio. Uma multidão cercou o cantor após ele sair da distrital com pedidos de fotos.

Esta não é a primeira vez que Orochi é detido por porte de entorpecentes. No fim de 2021, ele foi surpreendido por uma blitz da Polícia Militar, em uma via da Zona Sul do Rio de Janeiro. Após os militares efetuarem revista no veículo BMW do cantor, foi encontrada uma quantidade de substância ílicita.

Segundo a coluna apurou na época, as informações iniciais apontaram que teriam sido encontrados haxixe, bebida alcoólica e identificada ausência da habilitação do artista. Orochi foi levado para a 15ª Delegacia da Gávea, dentro da viatura da PM, para dar início aos procedimentos legais.

Em seguida, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), na Leopoldina, onde realizará exame toxicológico. Depois, retornará à delegacia para a conclusão do procedimento.

“Na rua de casa. Naquele pique, vamos que vamos. Atendimento vip aí pra nós. Rua funcionando normal e o serviço dos amigos (policiais) parado. Atendimento Vip”, disse Orochi no story do Instagram, enquanto filmava a abordagem dos PMs.

Em seguida, o cantor postou um novo vídeo, já no interior da delegacia, com a seguinte legenda: “Fomos conduzidos dentro da viatura até a DP. Estamos aqui seguindo procedimento”, escreveu ele, sem dar maiores detalhes sobre o caso.

A Polícia Militar emitiu a seguinte nota sobre o caso: “A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, nesta terça-feira (14/12), segundo informações preliminares, policiais militares do 23ºBPM (Leblon) realizaram abordagem a um veículo que transitava na Autoestrada Lagoa-Barra sendo conduzido de forma suspeita. Os policiais fizeram a revista no automóvel e localizaram haxixe e bebida alcoólica. O envolvido foi conduzido para a 15ªDP. Ocorrência em andamento”.