Fechar
FIM

Polícia conclui inquérito sobre morte de MC Kevin

A polícia vai sugerir à Justiça que o caso seja arquivado por falta de elementos que caracterizem crime

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Na última segunda-feira (15), a Polícia Civil do Rio concluiu o inquérito da morte de MC Kevin. O caso estava sendo investigado pela 16ª DP (Barra da Tijuca). A conclusão foi que a morte do funkeiro foi acidental. O delegado Leandro Gontijo vai sugerir à Justiça que o caso seja arquivado por falta de elementos que caracterizem crime. “Em novos depoimentos, as testemunhas não acrescentaram informações relevantes ou contraditórias às que já se haviam sido apuradas”, diz a nota enviada pela Polícia Civil do Rio.

O que laudo da perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) mostrou que o funkeiro sofreu uma queda acidental da varanda da suíte 502 e não há indícios de brigas, ações violentas e crimes no caso. Ou seja: Kevin tentou pular para a varanda do andar de baixo do hotel, mas perdeu o apoio, se desequilibrou e caiu. “Fato trágico, porém atípico, sem previsão legal penal para os envolvidos”, afirma a 16ª DP.

MC Kevin morreu em maio deste ano, aos 23 anos de idade. Ele caiu da varanda do 5º andar de um hotel localizado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, e precisou ser levado às pressas para o hospital Miguel Couto, na Gávea. As informações são do jornal ‘O Globo’.

Continua após a publicidade

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff