Fechar
desabafo

‘Por isso não compro carros milionários’, diz Anitta ao expor impasse com gravadora

Cantora desabafou sobre a luta diária para conseguir apoio na divulgação de suas músicas

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Anitta fez uma live, na noite desta quarta-feira (25), para falar sobre seus mais recentes lançamentos. A cantora aproveitou a transmissão ao vivo para seus fãs e fez um desabafo, expondo o que rola nos bastidores de sua gravadora, a Warner Music Records, que está por trás de sua carreira internacional.

Anitta citou a falta de apoio da gravadora com seus lançamentos: “É por isso que eu não compro carros milionários. Quando quero fazer algo e não me dão dinheiro, é o meu que entra”, revelou a cantora, anunciou a gravação dos primeiros clipes do seu novo álbum, ‘Versions of Me’. “Como não consegui aprovação, vou fazer com o dinheiro de patrocinadores”, completou ela.

Ela ainda se queixou das preferências das gravadoras por hits viralizados no aplicativo TikTok: “Se não tem um sucesso logo de cara é isso. Eles dão tchau e f*da-se. É que nem ‘Envolver’, eu só gravei por pura insistência minha, e só foi viralizar depois”, contou.

Ainda de acordo com a cantora, está cada vez mais complicado o processo de convencimento para a divulgação de novos trabalhos, principalmente quando estes não são um sucesso instantâneo logo de cara.

Continua após a publicidade

Ela lamentou não poder fazer mais clipes: “Se eu fizer um clipe ‘meia bomba’, vocês também não vão gostar. Um clipe bacana custa em torno de US$ 300 mil (cerca de R$ 1,4 milhão). Um clipe mais elaborado tem um custo maior”, justificou ela.

“A gravadora só me dá dinheiro para eu gastar com uma música quando está viralizando. Tipo assim, ‘Gata’ estava bombando no TikToK. Eles queriam fazer algo, mas agora que deu uma diminuída porque parou de divulgar, já não quer mais investir. É muito complicado. Elas só investem nas coisas depois que têm resultado na internet”, disse.

A cantora citou também o gasto altíssimo que ela teve em sua apresentação no festival Coachella: “O maior dinheiro que eu já gastei na minha carreira”, comentou. Vale lembrar que, para a cenografia de seu show no festival, Anitta foi buscar na Disney um profissional especializado em criar cenários de alta qualidade para dar vida à favela que foi destaque em seu palco.

Em entrevista para a Apple Music, a funkeira contou como chegou até o profissional Joe Rhode, que executou todo o trabalho: “Eu estava na DisneyWorld com a minha mãe, e meu parque preferido é o Animal Kingdom. Eu ficava tipo: ‘meu deus, como nos sentimos imersos nisso, sentimos a mágica. Nos sentimos parte de cada filme, cada passeio”, começou ela.

“E quando eu cheguei em casa, vi o documentário que mostra os bastidores de como fazem os parques, e eu disse: ‘Ok, eu quero esse cara’. O nome dele é Joe, ele estava explicando como ele trouxe o ambiente de Avatar, o filme, para a parte de Pandora no parque. E eu disse: ‘ok, eu quero que esse cara me diga como eu posso trazer a favela para o palco”, completou a Poderosa.