Fechar
Confusão

Processo de difamação de Neymar contra cantora tem desfecho inesperado

A Justiça de São Paulo decide arquivar a ação judicial da polêmica envolvendo o jogador e a cantora desde o final do ano passado

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Neymar perdeu de goleada o processo de difamação que movia contra a cantora Zélia Duncan. A Justiça de São Paulo decidiu dar por encerrado a ação do final do ano passado. A decisão pelo arquivamento foi publicada na última quarta-feira (2) e assinada pelo juiz José Fernando Steinberg.

A confusão entre Neymar e Zélia começou em setembro do ano passado 2021, após jogo entre Brasil e Peru pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar. O atacante falou para um repórter que não sabia mais o que fazer para ser repeitado e que estava incomodado com críticas a respeito do seu peso. A cantora então, o criticou no Twitter.

“Não sou de futebol, mas Neymar me parece até agora uma promessa como atleta e uma decepção como cidadão. Quer respeito? Dê-se a ele e mostre serviços. Ah, e pague seus impostos!”, escreveu Zélia

O craque do Paris Saint-Germain se irritou e entrou na Justiça por difamação e ainda exigiu desculpas públicas. A cantora apagou as mensagens, mas rebateu no processo ter apenas exposto sua opinião, sem ofender ou ultrapassar os limites da liberdade de expressão nas críticas feitas ao jogador. Ela completou que por ser uma pessoa pública e está sujeito a críticas da imprensa e do grande público.

Continua após a publicidade

O juiz explicou que, na ação movida por Neymar, não existia a possibilidade de litigância, por se tratar de um pedido de explicações. Por isso, caso o atleta queira seguir com a reclamação, deverá entrar com um novo processo a partir de uma queixa-crime.

Tags Relacionadas: