Fechar
bastidores da música

Produtores fantasmas por trás de sucessos de Alok dizem que não foram pagos pelo DJ

Irmãos Brauer afirmam que tiveram um ‘relacionamento unilateral e comercialmente abusivo’ com o DJ brasileiro

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

DJs produtores musicais brasileiros-americanos, os irmãos Sean e Kevin Brauer, que juntos formam a dupla Sevenn, disseram à Billboard que tiveram um “relacionamento unilateral e comercialmente abusivo” com o DJ Alok.

Segundo reportagem da Billboard, os irmãos, criados no Rio, na comunidade religiosa Meninos de Deus, dizem que trabalharam como “produtores fantasmas” em pelo menos 14 faixas para o DJ brasileiro e não receberam nenhum crédito, royalties de publicação ou remuneração.

A dupla afirma ter conhecido Alok em 2015, quando lançou a faixa ‘BYOB’, um remix de uma música de 10 anos do System of a Down, em parceria com Alok. A música elevou o artista brasileiro no cenário musical global. Nos quatro anos seguintes, a dupla Sevenn produziu músicas que ajudaram a transformar o Alok em um dos artistas musicais mais bem pagos da América do Sul.

Agora, os Brauers também afirmam que eles são os verdadeiros criadores do estilo deep-house Brazilian Bass, cuja crescente popularidade levou Alok a assinar com a gravadora de dança da Warner Music, a Spinnin’ Records.

Continua após a publicidade

Procurado pela reportagem, Alok negou as acusações dos irmãos Brauer. Por email, a equipe do DJ se recusou a responder às perguntas específicas, mas alegaram que “ao criar uma falsa narrativa” Kevin e Sean estavam “tentando se apresentar como vítimas e litigar suas disputas com Alok na imprensa, bem como no tribunal da opinião pública. O Alok não tem intenção de morder a isca”.

A equipe de Alok mencionou ainda um processo em andamento contra os irmãos, movido em 12 de janeiro, em um tribunal cível de São Paulo. A ação tem como foco cinco faixas, incluindo “BOOM”, em parceria com Tiësto.

Caso seja comprovado que as acusações dos irmão Brauer são verdadeiras e a participação deles nos projetos mencionados seja confirmada, a Billboard estima que Alok tenha uma dívida com eles de cerca de 263 mil dólares (aproximadamente R$ 1,5 milhão). A estimativa pode chegar a mais de 1,3 milhão de dólares (cerca de R& 7 milhões), caso os royalties de execução em outros serviços digitais e rádio sejam levados em conta.

Tags Relacionadas: