Fechar
Desabafo

‘Que dor é essa, meu Pai, que não passa?’, diz cantora sobre morte do filho

Walkyria Santos desabafa sobre a perda do herdeiro, que tirou a própria vida após ser alvo de comentários homofóbicos há sete meses

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A cantora Walkyria Santos postou um emocionante texto nas redes sociais nesta quarta-feira (16). A ex-vocalista da ‘Banda Magníficos’ escreveu uma carta direcionada a Deus em seu perfil no Instagram falando sobre a morte do filho há sete meses. Lucas Santos tinha 16 anos quando tirou a própria vida, após ser alvo de comentários homofóbicos na internet.

“Ó, meu Pai de todas as horas, sejam elas boas ou ruins. Pai soberano, dono do ouro e da prata, venho a ti Senhor em uma simples carta, te pedir em súplicas que alivie essa dor, essa saudade, esse vazio. Tento seguir fazendo coisas do meu dia a dia como arrumar o guarda-roupa, sair com os amigos, subir aos palcos e dar o meu melhor, mas parece que nada disso ao final do dia me traz alegria”, começou Walkyria.

A cantora assumiu que ainda sente muita a dor pela perda do filho e perguntou até quando vai continuar sofrendo. “Que dor é essa, meu Pai, que não passa? Que dor essa, meu Pai, que não posso ir na farmácia e comprar um remédio?! Que dor essa? Que dor essa?”, questionou, respondendo logo em seguida. “Pois eu lhe digo, Pai, essa é a dor mais doída do mundo. Eu estou inconsolável, não tem palavra que me acalme, não tem abraço que me aperte, não tem doce que me adoce. Por quanto tempo vou viver assim Pai?”, completou ela.

Walkyria continuou pedindo ajuda. “Nessa carta te imploro humildemente que leia e me ouça. Eu estou perdendo as forças, essa dor tá me corroendo minuto a minuto. Ô, Pai, me ajuda, por favor. Preciso seguir sorrindo, pois tô cansada de chorar”. Todos os meus dias tento ser a mesma ‘Valkiria’ de sempre, pra que as pessoas não me olhem com dó ou pena. Porém, quando estou sozinha, meu mundo desaba. Ô, Deus, me ajuda a conviver com essa falta e essa dor”, finalizou a forrozeira.

Continua após a publicidade

O filho de Walkyria foi encontrado morto em casa e Lucas era o herdeiro do meio da cantora, mãe também de Bruno, de 21 anos, e de Maria Flor, de 11. Na época, o sócio e empresária da artista, Alexandre César, contou que o jovem tirou a própria vida. “Ele foi encontrado sem vida no quarto dele na casa da Wal em Natal, no condomínio Green Club. Era de madrugada e o Lucas não tinha nenhum problema de saúde, era um menino muito para frente, um cara focado, estudioso, gostava de fazer os passinhos dele”.

Logo depois da morte de Lucas, em um vídeo publicado em seu Instagram, Walkyria contou aos prantos que o rapaz se matou após receber comentários maldosos por um vídeo que publicou no TikTok. “Hoje eu perdi meu filho, mas preciso deixar esse sinal de alerta aqui. Tenham cuidado com o que vocês falam, com o que vocês comentam. Vocês podem acabar com a vida de alguém. Hoje sou eu e a minha família que choram. “Eu te amo pra sempre meu filho Lucas Santos, eu te amo”, afirmou ela chorando.

Walkyria explicou a situação no vídeo. “Ele postou um vídeo, uma brincadeira de adolescente com os amigos, e achou que as pessoas fossem achar engraçado, mas não acharam, como sempre as pessoas destilando ódio na internet. Como sempre as pessoas deixando comentários maldosos. Meu filho acabou tirando a vida. Eu estou desolada, eu estou acabada, eu estou sem chão”, desabafou.