Fechar
maternidade real

Rafa Brites desabafa sobre desafios na maternidade e amamentação

“Amamentando, me sinto meio presa”, disse a atriz ao ser questionada sobre o tempo que pretende amamentar seu caçula

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Nesta terça-feira (17), Rafa Brites respondeu uma ‘caixinha de perguntas’ enviadas pelos seguidores no Instagram. Entre elas, alguns questionamentos sobre como estava a rotina de amamentação com seu filho mais novo, Leon.

Uma das perguntas foi sobre até quando Rafa pretende amamentar seu bebê e sobre oferecer fórmula em algum momento: ”Até os seis meses, eu me comprometo, se eu estiver bem. Depois, até a hora que eu sentir, porque começo a querer circular mais!”, respondeu.

“Amamentando, me sinto meio presa. Depois da introdução alimentar, dou a fórmula. Me sinto segura com essa decisão”, concluiu a atriz. Rafa Brites também mãe de Rocco de cinco anos, junto com o jornalista e apresentador, Felipe Andreoli.

Rafa também respondeu sobre como é a dinâmica para sair de casa para compromissos sem o bebê e amamentar ao mesmo tempo: ”Me arrumo (só deixo o perfume por último), dou o mama, saio e volto antes da próxima. Ele mama de três ou quatro horas. À noite chega dar intervalos de seis”, explicou.

Continua após a publicidade

Além disso, ela também contou que armazena o leite materno e oferece a mamadeira quando sai para compromissos mais longos: ”Mas, por exemplo, fui em vários compromissos esse fim de semana e não precisei dar mamadeira, pois calculo os intervalos”, disse.

A atriz enfrentou alguns problemas durante a segunda gestação

Durante a gestação de Leon, Rafa Brites também usou seu Instagram para falar sobre placenta prévia. “A minha placenta está prévia por enquanto, chegando na 24 semana. Alguém aí subiu depois disso?”, questionou Rafa Brites. Simultaneamente, a apresentadora abriu uma caixinha de perguntas para que seguidoras enviassem respostas.

Placenta prévia, também é conhecida pelo nome de placenta de inserção baixa, é uma complicação na gestação causada pelo posicionamento da placenta. Na maioria dos casos, as mulheres são assintomáticas, mas o problema pode causar sangramento e, em algumas mulheres, cólica. A apresentadora não entrou em maiores detalhes sobre o assunto.